Topo

Viagem

Férias sem muvuca: 7 países que estão entre os menos visitados do mundo

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

06/07/2018 04h00

Quer viajar para um belo destino turístico, mas não está a fim de encarar multidões de viajantes para entrar em museus, igrejas e recantos naturais? Se a resposta for sim, saiba que, no mundo, isso ainda é possível. 

Periodicamente, a Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (UNWTO, na sigla em inglês) publica um relatório que mostra os países e territórios ultramarinos que menos receberam viajantes estrangeiros no período de um ano. E, no meio deste ranking, há lugares absolutamente lindos e que ainda não foram tomados por multidões de visitantes. Abaixo, conheça sete dos mais bonitos destes lugares. 

Veja também

1. Liechtenstein

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Liechtenstein é um país que é vizinho de Suíça e Áustria, dois destinos extremamente populares entre turistas na Europa. Mas, em 2017, este pequeno principado costuma receber a visita de menos de 80 mil viajantes estrangeiros por ano (para efeito de comparação, só a cidade de Barcelona, na Espanha, recebe mais de 30 milhões de turistas anualmente). 

Trata-se de um lugar cercado por lindíssimas montanhas (onde, em épocas mais cálidas do ano, é possível realizar trilhas no meio da natureza, e, no inverno, esquiar) e que tem uma capital chamada Vaduz, muito agradável, onde se destacam cartões-postais como o Castelo de Vaduz, com uma história que remonta ao século 12 e que é a residência oficial do príncipe de Liechtenstein, Hans-Adams 2º. 

A construção fica no topo de uma área montanhosa, compondo uma linda paisagem para fotos. E, lá, vale a pena visitar lugares como a catedral de St. Florin (com estilo neogótico e inaugurada na segunda metade do século 19) e o museu Kunstmuseum Liechtenstein, que exibe grandes obras de arte contemporânea. 

2. Moldova

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

O Leste Europeu está cheio de paisagens populares entre turistas como Romênia, Croácia e Bósnia. Mas, não muito longe dali, fica uma bela nação que, segundo a Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas, foi visitada por menos de 134 mil viajantes estrangeiros em 2017. Trata-se da Moldova, um país cheio de interessantes edificações e lindas paisagens naturais. 

Um dos destaques desta nação europeia é o local conhecido como Orheiul Vechi, localizado a cerca de 70 quilômetros da capital Chisinau e que abriga sítios arqueológicos com uma história que remonta a antes da era cristã. Mas a grande graça de visitar este local (além de aprender sobre civilizações que habitaram o que é hoje a Moldova a centenas ou milhares de anos) é admirar a paisagem na qual Orheiul Vechi está inserido: no campo de visão do turista aparecerá um rio correndo entre montanhas e ladeado por pitorescos vilarejos. 

Poucos sabem, mas o país também é um bom produtor de vinhos, com ótimos rótulos da bebida e vinícolas abertas para receber a visita de viajantes.

3. Timor Leste

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

O Timor Leste é uma ex-colônia portuguesa localizada na Ásia. E, hoje, o local está entre os destinos menos visitados do mundo, recebendo menos de 90 mil turistas estrangeiros por ano (Tailândia, por exemplo, que fica na mesma região asiática, chega a receber mais de 30 milhões de forasteiros anualmente).   

Poucos sabem, porém, que, apesar de ainda não ter uma infraestrutura turística tão desenvolvida como muitos de seus vizinhos, o Timor Leste abriga praias verdadeiramente paradisíacas (e que ainda não foram descobertas pelo turismo de massa). 

Entre elas estão orlas encontradas na ilha de Jaco (na foto acima, com aspecto selvagem e banhadas por água cristalina de cor azul-turquesa), capazes de encantar o mais viajado dos turistas. Para quem busca algo na região de Dili (a capital do país), a Praia da Areia Branca e a One Dollar Beach são passeios agradáveis, mas onde o turista terá que dividir a paisagem com mais gente. E, além disso, Timor Leste é um lugar excelente para quem gosta de mergulhar, com águas perfeitas para observar uma colorida vida marinha. 

4. Montserrat

Getty Images
Imagem: Getty Images

Apesar de ser um dos destinos turísticos mais concorridos do mundo, a região do Caribe e arredores também têm lugares que não são dominados pelo turismo de massa. Um deles é a ilha de Montserrat, um território ultramarino britânico que, segundo a UNWTO, recebe menos de 10 mil turistas estrangeiros por ano. 

Aqui, as paisagens se dividem entre praias (que se estendem por mais de 40 quilômetros) e cenários vulcânicos, onde se encontra o vulcão Soufrière Hills (que, em 1995, entrou em erupção e destruiu parte da cidade de Plymouth).

Os viajantes que resolvem ir até Montserrat têm à sua disposição, no mar, uma série de pontos de snorkel e mergulho, além de ingressar em orlas com um cenário fotogênico formado pelo encontro de montanhas com o oceano. 

5. Anguilla

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Anguilla é outro território ultramarino do Reino Unido no Caribe e, assim como Montserrat, não costuma ser invadida por multidões de turistas.

De acordo com a Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas, este destino é visitado, por ano, por cerca de 80 mil turistas estrangeiros (à República Dominicana, por exemplo, vão aproximadamente 6 milhões de viajantes forasteiros anualmente).

Em Anguilla, é possível encontrar mais de 30 praias e uma boa infraestrutura turística, com hotéis, resorts e restaurantes. Entre as orlas mais lindas do lugar estão Sandy Ground (na foto) e Shoal Bay, com areia branquinha e água azul-turquesa cristalina.

6. Kiribati

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Agora, se você estiver disposto a encarar uma longa viagem desde o Brasil para desfrutar de praias belíssimas e pouco visitadas por gringos, vá até Kiribati. Este arquipélago localizado em uma área remota do oceano Pacífico é visitado por menos de 10 mil turistas anualmente.

Aqui, não faltam orlas com aspecto de ilha deserta, onde a natureza domina a paisagem e o mar apresenta beleza e temperatura ideais para longas sessões de nado sob o sol.

Ilhotas no meio do mar (chamadas internacionalmente de Outer Islands) cercadas por águas cristalinas podem ser encontradas por lá, em uma imagem que representa o sonho de viagem de muita gente. E para quem gosta de história, o arquipélago abriga sítios onde foram travadas batalhas durante a Segunda Guerra Mundial. Assim como em Timor Leste, há pontos de mergulhos excelentes em Kiribati.

7. Niue

Getty Images
Imagem: Getty Images

Um dos territórios menos visitados do mundo é também um dos menos conhecidos. Trata-se de Niue, uma ilha localizada no oceano Pacífico e que, de acordo com a UNWTO, recebe cerca de 8.000 visitantes estrangeiros por ano (a população local é de menos de 2.000 pessoas). 

O local é remoto (fica, por exemplo, a mais de 2.000 km da Nova Zelândia, um dos principais países da sua região), mas oferece belas paisagens para quem gosta de estar perto do mar, com cavernas ao lado da orla e praias de aspecto selvagem. 

Um dos cartões-postais locais é a praia de Avatele, com uma água propícia para sessões de nado e onde os nativos adoram se reunir em seus momentos de folga.  

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem