Topo

Viagem

Itália fora do comum: confira roteiro por termas naturais

09/10/2018 15h22

Paisagens românticas, museus, vida cultural e tradição gastronômica. Essas são as principais atrações que deram fama mundial à Itália. No entanto, o país europeu oferece um roteiro incrível de banhos termais gratuitos, com piscinas naturais e argilas para tratamentos medicinais, muitas vezes desconhecidos pelos turistas.

Ao norte da Itália, na região da Lombardia, fica a cidade de Bormio, entre montanhas e vales. O município conta com uma "piscina" em meio às rochas e à natureza, chamada de Pozza di Leonardo da Vinci (Poça Leonardo da Vinci). Trata-se de uma mini cachoeira, com um buraco nas rochas, onde é possível se banhar em águas quentes que contrastam com a neve ao redor no inverno. Mas é na região central da Itália, perto do Lazio e da Toscana, onde ficam algumas das termas mais famosas do país.

Veja também

I?ll always find an excuse to wear a bikini

Uma publicação compartilhada por Alice Rigamonti (@alriyyga) em

Na minúscula cidade de Saturnia, em Grosseto, os turistas levam até cadeiras de praia e toalhas para passar o dia nas Cascate del Mulino. Trata-se de uma grande, mas rasa, cascata que forma banheiras naturais com uma argila que, segundo a lenda, tem propriedades medicinais. As cascatas, totalmente abertas ao público, ficam no meio de um vale e ao lado de um casarão de pedras, formando uma paisagem memorável. Há um estacionamento e espaços para esticar uma toalha e tomar sol nos campos gramados. Uma lanchonete oferece snacks e até a possibilidade de tomar banho por 1 euro.

Em uma viagem de 1h30 daqui, chega-se ao município de Bagni San Filippo, onde também existe uma cachoeira de água quente no meio de uma estrada. A queda d'água forma uma verdadeira piscina natural. O local também é conhecido como "cascata da baleia branca" graças a um desenho criado por sedimentos de calcário branco em torno da cascata, formando uma "montanha". Para aproveitar o passeio, basta vestir roupas de banho e mergulhar! O sul da Itália, com suas praias paradisíacas, também conta com áreas para banhos termais.

Uma publicação compartilhada por Céline Rydge (@celfridges) em

É o caso das termas livres de Sorgeto, que têm águas a até 90ºC. Em maré baixa, é preciso tomar cuidado para não sofrer queimaduras durante o banho. A piscina natural recebe ainda água fria do mar, aliviando o calor nos dias de verão.

Já na Calábria, fica o complexo das Termas da Grutas das Ninfas de Cerchiara, perto do Monte Pollino. A lagoa quente e natural se formou dentro de uma gruta, cravada nas rochas. É possível se banhar ali gratuitamente, mas, na região, também há complexos termais privativos.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem