Topo

Viagem

Jamaica: ganja tolerada, Bolt, ritmos e temperos de um paraíso no Caribe

Ana Paula Garrido

Colaboração para o UOL

31/12/2017 04h00

Para quem busca férias em destinos caribenhos, com praias de tirar o fôlego, mar azul turquesa e areia muito branca, a Jamaica é uma opção garantida de momentos inesquecíveis no paraíso!

Pequena notável

Com uma população estimada em pouco menos que 3 milhões de pessoas, a terceira maior ilha do Caribe tornou-se independente do Reino Unido em 1962 e é o terceiro maior país de língua inglesa na América, atrás apenas dos Estados Unidos e Canadá. Além do inglês, falado com um sotaque deliciosamente jamaicano, eles falam entre eles o patoá, um dialeto com influência africana e derivações do inglês propositadamente incorreto e quase incompreensivo para os estrangeiros.

Paraíso cheio de atrações

Além das praias paradisíacas, a Jamaica oferece ótimas atrações como: maravilhosos campos de golfe, passeios até as lindas Montanhas Azuis onde é produzido um dos melhores cafés do mundo, festivais de músicas, cachoeiras cristalinas que deságuam no mar, o museu do Bob Marley e o povoado onde ele nasceu,  parasail e snorkel,  passeios a cavalo pela praia, mergulho com salto de penhasco, pesca em mar aberto, nado com golfinhos e tubarões, e para quem não resiste às compras, comércio livre de impostos.

Música da melhor qualidade

A ilha é movida ao som do mais puro reggae. A voz de Bob Marley ainda é ouvida em absolutamente todos os lugares e continua inspirando outros tantos músicos como Choonixx, que atualmente para os jamaicanos, é visto como o próximo sucessor ao trono do rei do reggae.

Como não podia deixar de ser, existe o Reggae Sumfest, festival criado há 25 anos para atrair turistas na baixa temporada. Com o passar do tempo, o evento cresceu a ponto de se transformar no maior festival de música da ilha. Se apresentam nesse festival artistas já consolidados e a cada ano, novos talentos são lançados nos palcos. Novos músicos como Devin Di Dakta, despontam nas paradas de sucesso na ilha, até ganharem o mundo em seguida.

As cores da Jamaica

Por onde quer que você ande no país, o verde, vermelho e amarelo estão por todos os cantos. Essas são as cores oficiais do movimento Rastafári, que prega a paz e irmandade entre os povos. Nascido nos guetos da Jamaica entre os anos 20 e 30, o movimento é muito difundido através do reggae, principalmente nas músicas de Bob Marley. Os seguidores que são muitos pelo país, têm como características, dreadlocks nos cabelos que não devem ser cortados, alimentação natural e o uso da ganja, como a maconha é chamada, como ritual para meditação.

Veja também:

Ganja tolerada

Muitos pensam que a maconha é legalizada, já que é muito comum ver pessoas fumando e vendendo a erva no país, mas na verdade ela tem sido tolerada. Existem hoje na ilha, fortes movimentos que querem a sua liberação para uso comercial e recreativo e outras forças que lutam para mostrar aos jovens o mal que o uso excessivo da ganja pode causar ao organismo.

Circuito Bob Marley

Robert Nesta Marley, músico, cantor e compositor jamaicano, conhecido mundialmente como Bob Marley é sem sombra de dúvidas o personagem mais icônico da Jamaica. Adorado mesmo tendo passado 36 anos da sua morte, suas músicas são ouvidas como um hino até hoje nos 4 cantos da ilha. Nenhuma outra figura pública conseguiu sintetizar tão bem os costumes, as questões políticas e sociais do país, como ele fez com suas músicas, cantadas até hoje no mundo inteiro. Não se pode ir a Jamaica sem fazer o circuito Bob Marley para conhecer o Museu em Kingston, a capital do país, numa das casas que serviu de morada e estúdio, onde foram gravadas muitas das suas músicas de sucesso e também em Nine Mile, o vilarejo onde ele nasceu e está enterrado.  Esses dois roteiros são imperdíveis para entender o que Marley representa para o país, conhecer um pouco mais sobre o movimento rastafári e a intimidade desse ídolo que levou a Jamaica para o mundo, difundindo a música e a cultura da ilha.

Kingston, a capital cosmopolita

A capital da Jamaica, Kingston é a cidade mais populosa e cosmopolita da ilha, onde fica a sede do governo e o grande centro comercial do país. Considerada o coração cultural da Jamaica, concentra uma variedade de atrações culturais e históricas e uma vida noturna mais agitada, diferente das demais cidades que imprimem um ritmo mais lento e também mais interessante para quem busca as belas e tranquilas paisagens que a ilha oferece.

Vida Cultural

A música toma conta de todos os lugares na cidade, jazz, rock alternativo e principalmente reggae de primeira. Entre alguns ótimos locais para conhecer na capital, o Studio 38 e o Fiction, são boas opções para ouvir música e curtir a noite.

Usain Bolt

Quem é fã do homem mais rápido do mundo, Usain Bolt, outro ídolo jamaicano, que tem colocado a Jamaica nos holofotes e inspirado os moradores da ilha inteira para correr, vale dar uma passadinha no ótimo restaurante do velocista. O Usain Bolt´s Tracks & Records é um sport bar com comidas gostosinhas, muitas curiosidades e lembranças com o rosto e a marca dele, e com sorte, ainda dá para cruzar com o próprio pelos salões.

Os temperos da ilha

Frutas exóticas, muitos frutos do mar, pimentas e especiarias que formam o típico molho jerk, que tempera carnes de porco e de frango, acompanhados de festival, que tem gosto de bolinho de chuva, são algumas das delícias jamaicanas. Fruta pão, a mandioca e outras raízes também são muito usadas como acompanhamento para os peixes e carnes. Tudo isso temperado com toques da culinária inglesa, espanhola, africana, indiana e chinesa, misturas interessantes que resultaram em uma gastronomia muito rica na ilha.

Ocho Rios

Uma antiga vila de pescadores deu lugar a um porto onde atracam grandes navios de cruzeiros e onde ficam luxuosos resorts a beira do estonteante mar do Caribe. É lá também que fica uma das mais visitadas atrações da ilha, Dunns River Falls, uma cachoeira cristalina que deságua no mar e pode ser escalada facilmente da areia da praia para cima. Uma gostosa aventura para toda a família.

Montego Bay

A segunda maior cidade jamaicana, é o balanço perfeito entre cidade e paraíso. Há uma certa movimentação de cidade com centro comercial, shopping de luxo como The Shoppes at Rose Hall, bons restaurantes, ao mesmo tempo em que abriga paradisíacos resorts à beira mar.

Lagoa Luminosa, parasail e aventuras no mar

Em Montego Bay, para quem quer mais que tomar sol e drinks nas piscinas de borda infinita em praias paradisíacas, o que não falta é opção de passeios como os oferecidos pela empresa Dressel Drive. Já pensou em voar em um paraquedas puxado por uma lancha para ver do céu a incrível paisagem das praias do Caribe? Não tem coragem? Então que tal mergulhar no mar transparente da ilha para ver os mais exóticos e lindos peixes ou fazer um passeio para conhecer a incrível Luminous Lagoon? Ao cair da tarde, dá para apreciar o pôr do sol em um barco em direção à lagoa, cuja mistura de água do mar e do rio, produzem um interessante fenômeno que faz com que a água fique azul fosforescente. Simplesmente imperdível a sensação de nadar nessa água e ver o rastro de luz deixado pelo seu corpo!

Bruxa e fantasmas

Uma atração local bem interessante para quem curte história e arquitetura é a Rose Hall Great House, no alto da montanha, com vista privilegiada para o mar, a mansão guarda histórias bizarras dos moradores e é um belo exemplar das antigas fazendas da Jamaica. Para quem gosta de história de fantasmas, a mansão promete agradar os corajosos turistas que se habilitam a fazer ghost tours na propriedade à noite.

Onde se hospedar

As praias de Montego Bay são simplesmente divinas! A bandeira Iberostar possui 3 excelentes opções de resorts 5 estrelas, na beira da praia nessa região, como o Iberostar Grand Hotel Rose Hall, super luxuoso e outras duas propriedades, o Iberostar Rose Hall Beach e o Iberostar Rose Hall Suítes, um ao lado do outro, perfeitos para famílias com crianças ou casais em viagens românticas, todos all inclusive, para férias inesquecíveis no paraíso!

A jornalista Ana Paula Garrido viajou a convite dos Resorts Iberostar
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem