Viagem

Da praia ao cânion, veja dez viagens para fazer no Brasil antes de morrer

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

02/09/2017 04h00

O Brasil tem uma variedade de paisagens pouco vista em outros lugares do mundo. São selvas, praias, montanhas e cidades históricas se intercalando em um território que, se percorrido de norte a sul, parece não ter fim. O dólar ainda está caro e, viagens internacionais estão menos viáveis do que em anos passados. Por que, então, não cair na estrada dentro do nosso próprio país? Veja dez viagens por aqui que todo mundo deveria fazer pelo menos uma vez na vida.

Parque Nacional de Aparados da Serra (RS e SC)
Vinicios de Moura/Creative Commons
Imagem: Vinicios de Moura/Creative Commons

Na fronteira do Rio Grande do Sul com Santa Catarina existe um conjunto de cânions capaz de deixar boquiaberto o mais experiente dos turistas. Trata-se do Parque Nacional de Aparados da Serra, onde o público pode admirar paredões quase totalmente verticais forrados por densa vegetação e separados, lá embaixo, por lindos riachos. A visão mais famosa do parque é o cânion do Itaimbezinho (na foto), que tem nada menos do que 720 metros de profundidade –e que é admirado desde mirantes pelos viajantes que passam pelo local. Parte dos turistas também realizam trilhas pela área, chegando à base dos cânions depois de uma caminhada que passa no meio da natureza e ao lado de alguns precipícios. A melhor base para visitar o Aparados da Serra é a cidade gaúcha de Cambará do Sul.

Parque Nacional do Iguaçu (PR)
Charlesjsharp/Creative Commons
Imagem: Charlesjsharp/Creative Commons

O Brasil tem um dos mais fantásticos conjuntos de quedas d'água do mundo. Localizadas parcialmente no Paraná, as cataratas do Iguaçu chegam a ter 80 metros de altura e impressionam os turistas com seu volume e barulho ensurdecedor. Contando com o setor que pertence à Argentina, esse cartão-postal exibe um total de 19 quedas d'água principais. E a maior parte desta linda paisagem pode ser vista desde as passarelas que existem no lado brasileiro. O Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as cataratas, também oferece excelentes caminhadas (como a trilha das Bananeiras, que passam no meio da floresta que existe na região) e passeios de barco pelo rio Iguaçu.

Ouro Preto (MG)
Marcel Vincenti/UOL
Imagem: Marcel Vincenti/UOL

Se você tiver que escolher uma cidade histórica para visitar no Brasil, não pense duas vezes: vá para Ouro Preto. O destino mineiro é uma joia turística, com igrejas barrocas, românticas vielas de paralelepípedos e casarões magníficos ainda muito bem preservados –dando ao visitante a impressão de que ele realmente voltou ao passado. Nessa paisagem, cercada pela Serra do Espinhaço, se destacam monumentos como a igreja de São Francisco de Assis (que tem sua fachada, altares laterais e capela trabalhados por Aleijadinho), a Matriz de Nossa Senhora do Pilar (com um interior ornamentado com cerca de 400 kg de ouro) e o Museu da Inconfidência (símbolo da linda praça Tiradentes e que abriga relíquias do período da Inconfidência Mineira). Excelentes restaurantes e pousadas aconchegantes fornecerão o descanso perfeito após você percorrer as ladeiras da cidade. 

Parque Estadual da Serra da Tiririca (RJ)
Wikimapa/Creative Commons
Imagem: Wikimapa/Creative Commons

Sim, o Rio de Janeiro é um lugar todo brasileiro deveria visitar pelo menos uma vez na vida. Mas, aqui, indicamos um destino que fica ao lado da Cidade Maravilhosa e que merece estar na rota dos turistas que passam pela região. Trata-se do Parque Estadual da Serra da Tiririca, um paraíso do ecoturismo localizado entre os municípios de Niterói e Maricá. Forrado por mata Atlântica, o local é composto por gigantescas formações rochosas que podem ser percorridas pelos viajantes. Do topo do Costão de Itacoatiara, por exemplo, que fica a mais de 200 metros sobre o nível do mar, é possível ter visões deslumbrantes de locais como a lindíssima praia de Itacoatiara, em Niterói (na foto). E há ainda mais de 150 espécies de aves que podem ser admiradas na área, além de árvores como a quaresmeira e o ipê-amarelo. 

Ilhabela (SP)
Louise Cristine Araújo Ferri/Creative Commons
Imagem: Louise Cristine Araújo Ferri/Creative Commons

Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, é um dos melhores lugares do Brasil para curtir praias belíssimas de aspecto selvagem. O local tem nada menos do que 130 km de costa, por onde se espalham faixas de areia verdadeiramente paradisíacas. A praia de Castelhanos, por exemplo, é um dos principais cartões-postais da ilha: o encontro do mar com suas areias lembra o formato de um coração (na foto) e, no horizonte, se vê um tapete infinito de mata Atlântica. Bonete, por sua vez, é uma vila de pescadores perfeita para acampar e passar alguns dias relaxando sobre uma areia fofa cercada também por muita natureza. E a lista continua: a praia da Feiticeira, da Fome e Jabaquara também oferecem visões inesquecíveis para o turista.

Pantanal (MT/MS)
Bruno Oliveira/UOL
Imagem: Bruno Oliveira/UOL

O Pantanal é um dos destinos de ecoturismo mais imperdíveis do Brasil. Ocupando uma área de cerca de 150 mil km² entre o Mato Grosso e o Mato Grosso do Sul, o local oferece atividades para todos os gostos: há tours de barcos por seus rios, passeios a cavalos em lindas fazendas e safáris fotográficos que buscam encontrar as mais lindas espécies da rica fauna local, como os tuiuiús (ave que é símbolo do Pantanal) e onças-pintadas. O período da seca (que geralmente ocorre entre maio e outubro) é ideal para observar os mamíferos da região –que, com a diminuição das áreas alagadas, são mais facilmente vistos na mata e às margens de fontes de água. Jacarés também são alguns dos bichinhos que podem ser observados de perto pelos viajantes. Uma das melhores portas de entrada para o Pantanal é a cidade de Poconé (MT).

Chapada Diamantina (BA)
Mariana Feldhuer/Creative Commons
Imagem: Mariana Feldhuer/Creative Commons

Vista calçados confortáveis, respire fundo e prepare-se para caminhar muito: este é um dos desafios de explorar a Chapada Diamantina, na Bahia. Mas é um desafio maravilhoso: o local abriga algumas das paisagens naturais mais fascinantes do Brasil. Entre elas estão a cachoeira da Fumaça (com mais de 300 metros de altura), a Cachoeira do Buracão (que forma uma piscina natural cercada por imponentes paredões), a Gruta da Pratinha e o Morro do Pai Inácio, de onde é possível ter uma das melhores visões das gigantescas formações rochosas que marcam a paisagem da área (é de lá que você fará uma das melhores fotos de sua viagem). O município de Lençóis é um das mais convenientes bases para explorar a Chapada.

Amazônia (AM)
Mario Roberto Duran Ortiz/Creative Commons
Imagem: Mario Roberto Duran Ortiz/Creative Commons

No Brasil, está a maior porção da maior floresta tropical do mundo, a Amazônia. E as paisagens dessa região repleta de natureza podem ser exploradas em fascinantes passeios de barco que passam por comunidades ribeirinhas, por locais onde é possível nadar com botos cor-de-rosa e pela área onde ocorre um dos fenômenos mais fascinantes do território brasileiro: o encontro das águas dos rio Negro e Solimões (na foto). Muitos dos tours são organizados desde a cidade de Manaus (AM), mas, atualmente, os turistas também têm a chance de se hospedar em bons hotéis que existem no meio da floresta, como Amazon EcoPark Jungle Lodge e a Pousada Flutuante Uakari –e de, lá, fazer suas incursões na selva.

Praias do Conde (PB)
Marcel Vincenti/UOL
Imagem: Marcel Vincenti/UOL

Difícil escolher apenas um destino litorâneo do Nordeste para colocar nesta lista. Mas lugar que merece ser mencionado: o município de Conde, a cerca de 30 km de João Pessoa. Conde exibe algumas das praias mais lindas do Brasil, como Tambaba e Coqueirinho. Um dos diferenciais dessa região é que, como uma obra de arte, ela pode (e deve) ser admirada de vários ângulos. Quase toda a costa do Conde está protegida por falésias, nas quais os turistas podem subir (às vezes pilotando bugues) e, de lá de cima, ter uma visão panorâmica de uma orla forrada por coqueirais, areia fofa e quase nenhuma construção no horizonte. Depois, é só descer ao nível da água e tomar um delicioso banho de mar, cercado por um ambiente selvagem e inspirador (Coqueirinho é perfeita para isso). E mais um detalhe: em Tambaba existe uma das mais belas praias de nudismo do Brasil.

Lençóis Maranhenses (MA)
Julio Cesar Gonçalves Correa/Creative Commons
Imagem: Julio Cesar Gonçalves Correa/Creative Commons

Uma pintura ou uma visão surreal que se tem nos melhores sonhos: assim pode ser definida as paisagens dos Lençóis Maranhenses, um dos destinos mais únicos que existem no território brasileiro. Durante boa parte do ano, turistas têm a chance de passear por uma área que exibe lagoas cercadas por enormes dunas (e tomar deliciosos banhos nestas piscinas naturais). A melhor época para fazer o roteiro costuma ser entre junho e setembro, quando o nível da água está alto. E o dia pode terminar com o espetáculo do pôr do sol sobre o rio Preguiças, que fica na região. O município de Barreirinhas, que conta com boa infraestrutura hoteleira, é uma das melhores bases para explorar os Lençóis Maranhenses.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo