UOL Viagem
 
10/04/2010 - 18h59

Festa de Brasília terá catedral e Planalto em obras

Brasília - Brasília nasceu como um canteiro de obras, e assim comemorará os seus 50 anos. A Catedral e o Palácio do Planalto, dois dos principais cartões-postais da cidade que passam por restauração, ainda vão estar em reforma no próximo dia 21. A Catedral deve ficar fechada ao público, informa o monsenhor Marcony Vinícius Ferreira, pároco da igreja há 14 anos. "Já é tradição a Catedral estar fechada no dia 21, por causa do excesso de gente, bêbados e drogados, sem o espírito de visitação a uma igreja. Os turistas até reclamavam", comenta. A primeira missa deve ocorrer no dia seguinte, com ajustes externos de acabamento sendo feitos.

 

Segundo a Secretaria de Obras do DF, o cronograma está sendo respeitado e a reforma deve ser concluída em junho. O gasto é de R$ 25 milhões. O projeto de restauração é amplo: os vidros externos e os vitrais serão substituídos, os cabos de aço que prendem três anjos ao teto serão trocados e o espaço do subsolo será aumentado, com a ampliação da área da sacristia e do batistério. Os sinos serão acionados eletronicamente.


Planalto


A previsão inicial era de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva retornasse ao Planalto na celebração do cinquentenário - atualmente, ele despacha no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Esta é a primeira reforma estrutural do palácio desde a sua inauguração, em 1960. Iniciada em março de 2009, já consumiu R$ 96 milhões, de acordo com o governo.


O prédio ainda precisa receber a instalação dos sistemas de telefonia, informática e a parte elétrica. Numa ocasião, em uma conversa com o arquiteto Oscar Niemeyer, Lula reclamou que o local parecia uma "favela", com infiltrações, rachaduras, puxadinhos e fios soltos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Veja também

Carregando...