UOL Viagem

25/01/2008 - 17h11

Balsa em Santos tem fiscalização de "fura-filas" reforçada

A fiscalização contra os "fura-filas" nas travessias das balsas entre Santos e Guarujá foi ampliada hoje, com o serviço da Desenvolvimento Rodoviário S.A.(Dersa) recebendo apoio da Polícia Militar, da Companhia de Engenharia de Tráfego de Santos (CET) e da Diretoria de Trânsito e Transporte do Guarujá (Dutra). A decisão foi tomada em reunião realizada por iniciativa da Dersa, duramente criticada por não impedir a entrada dos "espertinhos" nas embarcações. Agora, agentes de trânsito civis e militares deverão aplicar mais multas aos motoristas que tentarem furar a fila, que terão que pagar R$ 127 além de receberem cinco pontos na Carteira de Habilitação.

De acordo com a chefe da Dutra, Cleusa Aparecida Braga, a incidência de fura-filas no Guarujá é maior que em Santos principalmente por causa dos semáforos e cruzamentos da avenida onde a fila se concentra. "Vamos trabalhar com seis agentes de trânsito que ficarão melhor distribuídos ao longo da fila, em vários pontos. Eles estarão autuando com base na lei, no artigo 211 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB)", explica. O artigo considera a ultrapassagem de veículos parados em fila uma infração grave e, caso o motorista não respeite a orientação de retornar ao final da fila, poderá responder por desacato a autoridade.
(Rejane Lima)

Compartilhe: