UOL Viagem

03/01/2008 - 16h47

Dólar fecha em baixa de mais de 1% a R$ 1,752

O dólar foi negociado em baixa o dia todo. No fechamento da sessão na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista foi cotado a R$ 1,752, queda de 1,07%. No mercado interbancário de câmbio, o dólar comercial fechou o dia em baixa de 1,13%, também a R$ 1,752.

A Bolsa de Valores de São Paulo teve comportamento volátil e, no meio da tarde, operava em baixa. Na mínima até as 16h30, o Ibovespa caiu 0,41%, aos 62.555,6 pontos. Ainda assim, o dólar à vista manteve-se em baixa. Segundo um operador, o Banco Central ajudou na queda ao fazer o leilão de compra de moeda mais tarde, pouco antes do fechamento do pregão da BM&F. Assim, as tesourarias acabaram se antecipando e ofertando moeda em mercado antes do leilão, levando as cotações a recuar mais. No leilão, o BC aceitou apenas uma proposta, de um banco, à taxa de corte de R$ 1,752.

Segundo um operador, também foi bem recebida pelo mercado a entrevista do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, que assegurou que o governo não aumentará gastos antes de equilibrar o Orçamento deste ano. Bernardo afirmou ainda que o governo tem dotação inicial de R$ 30,2 bilhões no Orçamento de 2008, que conversará com oposição para aprovar o Orçamento e antes de fazer os cortes. A conferir.

No mercado de dólar futuro, os sete vencimentos negociados projetavam quedas. O dólar para entrega em fevereiro, o mais negociado, indicava recuo de 1,16%, a R$ 1,758; e o dólar de junho de 2009, baixa de 0,93%, a R$ 1,951. (Silvana Rocha)

Compartilhe: