UOL Viagem

30/12/2007 - 10h00

Infraero: aeroportos têm 10,3% dos vôos em atraso

São Paulo - O movimento nos principais aeroportos do País na véspera do feriado de ano novo é tranqüilo nesta manhã. Apesar de os índices de atrasos e cancelamentos estarem um pouco mais altos se comparados aos verificados durante todo o dia de ontem, os passageiros não encontram problemas. Segundo o último boletim da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), até as 9 horas, das 429 partidas programadas, 44 sofreram atrasos superiores a uma hora, o que corresponde a 10,3% do total. Os cancelamentos atingiram 20 vôos, o que representa 4,7%.

O Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, registrou cinco cancelamentos entre 25 partidas programadas até as 9 horas, o que representa 20% do total. Nenhum atraso foi apontado pelo boletim da Infraero. Já no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), das 84 partidas previstas para o período, sete (8,3%) estavam atrasadas e uma (1,2%) foi cancelada. Nos aeroportos do Rio de Janeiro a situação é bem tranqüila.

O boletim da estatal apontou que o Aeroporto do Galeão registrou apenas um atraso e um cancelamento entre as 36 partidas, ou 2,8% do total de vôos. Já no Santos Dumont, os passageiros não encontraram nenhum vôo fora do horário previsto e nenhum cancelamento. O Aeroporto de Brasília (DF) teve dois atrasos (13,3%) e nenhum cancelamento, dos 15 vôos programados até as 9 horas.

Em Fortaleza (CE), a situação é um pouco mais complicada. Dos 27 vôos previstos, seis tiveram atrasos, o que representa 22,2% do total. No aeroporto de Maceió (AL), o índice de atrasos é ainda mais alto: 36,4%, quatro das 11 partidas programadas até as 9 horas. O Aeroporto de Porto Alegre (RS) teve apenas um cancelamento e um vôo atrasado, ou 7,7% do total de 13 vôos programados. Em Curitiba (PR), o cenário é parecido: das 11 partidas programadas, apenas uma atrasou (9,1%) e nenhuma foi cancelada.

Amanda Valeri

Compartilhe: