UOL Viagem

22/11/2007 - 16h41

Dólar comercial encerra a R$ 1,78, em alta de 0,23%

Após oscilar em queda na primeira parte dos negócios, o dólar devolveu as perdas em relação ao real pouco antes do leilão de compra do Banco Central à tarde e fechou em alta. "Após o estresse ontem, os investidores venderam moeda pela manhã num sinal de alívio com o feriado nos EUA hoje, mas a expectativa com a reabertura dos mercados em Nova York amanhã impôs cautela no final", disse um operador. O dólar comercial encerrou a R$ 1,78, em alta de 0,23%, na máxima do dia. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros, o dólar negociado à vista subiu 0,03%, para R$ 1,7805;, também sua maior cotação hoje..

Com a ausência dos mercados norte-americanos por causa do feriado de Ação de Graças, a liquidez no mercado cambial diminuiu.

A inversão de sinal do dólar à tarde refletiu a expectativa dos investidores com a reabertura dos negócios em Nova York amanhã. Os preços do petróleo seguirão no foco das atenções, assim como novas notícias relacionadas ao contágio da crise do mercado imobiliário de alto risco nos EUA sobre o setor de crédito e a economia em geral.

Hoje, o fato de os contratos de petróleo não terem superado o nível de US$ 100 o barril favoreceu o desempenho das Bolsas na Ásia, Europa e, por tabela, no Brasil. E também ajudou a dar suporte ao dólar ante o euro no mercado de moedas. Às 15h54, o euro caía 0,09%, a US$ 1,4847. (Silvana Rocha)

Compartilhe: