UOL Viagem

31/10/2007 - 16h51

Dólar cai mais de 5% em outubro e fecha a R$ 1,736

São Paulo - A taxa de câmbio dólar/real fechou novamente em forte queda, pelo quinto dia consecutivo. O dólar comercial encerrou o dia no mercado interbancário a R$ 1,736, na taxa mínima do dia, recuo de 0,91%, igualando-se à cotação de fechamento de 31 de março de 2000. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros, o dólar dos contratos negociados à vista terminou o pregão viva-voz cotado a R$ 1,737, baixa de 0,86% no dia.

No mês de outubro, o dólar comercial acumulou queda de 5,34%. No ano, a desvalorização da moeda norte-americana ante o real é de 18,73%. O forte recuo do dólar este mês pode ser explicado pelo elevado ingresso de recursos no País, motivado pela crescente oferta inicial de ações de empresas brasileiras na Bolsa de Valores de São Paulo. Entre elas, destaca-se o lançamento de ações da própria controladora da Bolsa (Bovespa Holding), no pregão do dia 26, que movimentou R$ 5 bilhões.

No mercado de câmbio hoje, o quadro externo favorável ajudou, mas foram as vendas realizadas pelos investidores nos contratos futuros de câmbio na BM&F, relacionadas à moeda norte-americana no mercado à vista, que determinaram as operações, antes do anúncio da decisão do banco central americano (Fed) sobre o corte de 0,25 ponto porcentual da taxa de juros do país, para 4,5% ao ano.

Ao mesmo tempo, o euro voltou a subir forte em relação ao dólar e bateu novo recorde histórico hoje, a US$ 1,4495. Em relação ao real brasileiro, o euro vale R$ 2,51. (Paula Laier e Claudio Feustel)

Compartilhe: