UOL Viagem

10/10/2007 - 22h12

Sabesp pede uso racional da água na Baixada Santista no feriado

Santos - A Baixada Santista poderá enfrentar problemas no abastecimento de água durante o feriado prolongado de Nossa Senhora da Aparecida. A Sabesp, que vem mantendo o estado de atenção durante todo o período de secas (de abril a setembro), alerta que a fase de poucas chuvas se estendeu esse ano e que a população precisa usar a água racionalmente, evitando o desperdício.

O superintendente regional da estatal, Reynaldo Young, explica que apesar do aumento do consumo de água provocado pela chegada de turistas não ser tão significativo em feriados como esse, a Sabesp está em estado de atenção redobrado. "O consumo com a população flutuante aumenta mais nos feriados de fim de ano e carnaval, que estão no período úmido", disse Young. Ele afirma que esse ano o problema também se agravou com as altas temperaturas.

O manancial que mais preocupa é o do Sistema Jurubatuba, que abastece Guarujá e atualmente possui apenas 50% da sua capacidade armazenada. No entanto a Sabesp acredita que os níveis devam subir na próxima semana. "Os institutos de meteorologia, hoje muito precisos, estão afirmando que a partir da segunda quinzena de outubro os índices pluviométricos devam voltar à normalidade, em função do aumento das chuvas" disse o superintendente.

Young afirma que recursos hídricos e mananciais foram prejudicados em todo o Estado por causa de questões de ordem climatológica. Segundo ele, a condição geológica do manancial do rio Jurubatuba Mirim fez com que a situação lá se agravasse, mesmo que os índices pluviométricos de Guarujá não sejam os piores da Baixada. Lá, o índice de setembro foi de 30 milímetros, ou seja, choveu 80% a menos que no mesmo mês do ano passado, quando totalizou 156,6 milímetros.

Já em Bertioga, a redução de chuvas foi de 90%. O índice pluviométrico do município caiu de 180 para 19 milímetros e o reservatório do sistema Itatinga/Itapanhaú, que abastece a cidade, está 17% abaixo da sua capacidade total. (Rejane Lima)

Compartilhe: