Aventura ou emoção deixam viajantes sem ar

Você já deve ter ouvido falar de Machu Picchu inúmeras vezes mas, se não esteve lá, não pode imaginar o que a experiência significa.

Estar onde floresceu um dos mais importantes impérios da antiguidade é o tipo de experiência que não é passível de ser captada nem em foto, nem em vídeo.

Suas edificações seguem o estilo arquitetônico do apogeu do império, no séc. XV, mais ainda há muito mistério sobre a construção desse centro político, religioso e administrativo e a descoberta de suas ruínas em 1911.

Elevada 2.430 metros acima do nível do mar e emoldurada pela montanha rochosa de Wayna Picchu, a cidade perdida dos incas tem a geografia ideal para contemplar o passado. Se for o início de usa estadia no Peru, entretanto, saiba que este será apenas o primeiro momento de perplexidade.

> Descubra outros tesouros arqueológicos do Peru.

O impacto da visão é ainda maior ao vê-la surgir, repentinamente, após uma curva suave da trilha Inca, não menos famosa e acessível com o apoio de operadoras e guias. Após a passagem pela porta do sol, as reações variam durante minutos que passam devagar, do olhar atônito ou mãos frenéticas que escrevem impressões ao selfie orgulhoso.

Pelo antigo caminho aberto pelos incas para ligar o santuário ao Vale Sagrado, considerado o trekking mais impressionante do continente, observa-se diversos microclimas, cumes nevados, vistas panorâmicas e ruínas históricas. São 4 dias de caminhada no percurso clássico. Há trilhas mais curtas e saídas diárias de trens a partir da estação Poroy, distrito de Cusco. A consulta de preços, serviços e trajetos, que incluem vistas turísticas, das três diferentes opções podem ser feitas no site www.perurail.com. Todos levam até Aguas Calientes, também conhecida como povoado de Machu Picchu. De lá, ônibus saem de 15 em 15min das 05h30 às 15h, sendo que a passagem do trem de luxo Belmond Hiram Bingham inclui o traslado de ônibus até o santuário. De Ollantaytambo, no Vale Sagrado, a companhia ferroviária Inca Rail também oferece saídas diárias em três opções de trens.

Se o esplendor silencioso de Macchu Picchu produz na mente imagens de seus habitantes em rituais, no cultivo ou estudando as estrelas;Cusco é uma cidade andina com a movimentação de um centro urbano do século XXI. Nela, máquinas dos turistas captam o contraste entre homens de terno e mulheres andinas acompanhadas de lhamas passando em frente a igrejas católicas ou templos incas.

A mais antiga cidade habitada do continente é o retrato dos conhecimentos de urbanismo dos Incas, em sua expansão antes da chegada dos conquistadores espanhóis. Para sua construção, foi necessário desviar rios que passavam pelo terreno. O antigo traçado de Cusco mostra o contorno de um puma, que representa o mundo físico na mitologia incaica, sendo a fortaleza de Sacsayhuaman, distante 2 km, sua cabeça. Nosso infográfico mostra as principais atrações do Centro de Cusco.

Esse material é de autoria da Secretaria de Turismo do Peru com patrocínio da TAM e não faz parte do conteúdo jornalístico do UOL,
sendo de total responsabilidade de seus produtores e idealizadores