Topo

Viagem

Zhangjiajie, uma janela mágica para a natureza

Getty Images
Parque florestal de Zhangjiajie, na China Imagem: Getty Images

da EFE, na China

15/12/2017 09h37

Localizada no oeste da província de Hunan, na China, a cidade de Zhangjiajie tem natureza exuberante, com montanhas que parecem moldadas como colunas mágicas, e os parques naturais da região de Wulingyuan com mais de 1,4 mil variedades de plantas e 110 espécies animais.

Veja também

Getty Images
Estrada do Mountain National Park em Zhangjiajie, na China Imagem: Getty Images

O espesso nevoeiro que cobre as partes altas das inumeráveis montanhas envolve de mistério uma área que ganhou fama mundial pelo filme "Avatar". O cineasta James Cameron se inspirou no lugar, declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1992, para ambientar o longa.

Cerca de 3 mil relevos de formas cársticas que chegam a alcançar 1,5 mil metros de altura semeiam como agulhas gigantes o parque florestal e as árvores e plantas pontuam seus cumes e encostas.

As paredes das montanhas são perfeitas para praticar escalada, e os 300 quilômetros de trilhas permitem a prática do senderismo em uma região à qual se chega por teleférico e após uma viagem de uma hora de carro a partir de Zhangjiajie, uma moderna cidade de 1,7 milhão de pessoas fundada há somente 30 anos.

Em parte do parque fica o lago Baofeng, com águas verdes como jade e uma formosa paisagem natural cercada de montanhas e cascatas que podem ser contempladas em um passeio em barco.

Zhangjiajie possui também a montanha de Tianmen (Porta do Céu), catalogada como uma das mais belas do mundo e de 1,5 mil metros de altura, e à qual se chega no teleférico mais longo do mundo.

A viagem até o cume tem impressionantes vistas e falésias que causam vertigem, com duas pontes de vidro que rodeiam a montanha. A descida finaliza a experiência pela estrada das 99 curvas.

Duas falésias desta montanha estão unidas pela ponte de vidro, uma obra de engenharia de 430 metros de comprimento e 300 de altura desde onde é possível admirar a espetacular da natureza em Zhangjiajie e que desde sua inauguração, em agosto de 2016, foi visitada por 65 milhões de pessoas.

Getty Images
Ponte de vidro em Zhangjiajie, na China Imagem: Getty Images

"Somos modelo turístico para todo o país" e "o objetivo é melhorar o nível de qualidade aos padrões mundiais", diz orgulhoso Guo Zhenggui, secretário-geral do Partido Comunista Chinês no município, a um grupo de jornalistas.

Um dos locais mais visitados da China, Zhianjiajie quer se abrir para o mundo e se promover como ponto turístico, para se tornar o principal destino turístico do país asiático.

"Nossas portas estão sempre abertas. No ano passado, tivemos a visita de 70 milhões de turistas nacionais, mas temos que melhorar as necessidades do turismo internacional. Queremos oferecer qualidade de serviço. A formação e colaboração internacional é uma parte muito importante".

Zhianjiajie "quer ser uma cidade verde", e a arborização alcança 70% de seu espaço e quer elevar essa percentagem.

O enclave, uma das zonas turísticas mais visitadas da China, na província central de Hunan, berço de Mao Zedong, conta com modernas infra-estruturas e a linha ferroviária que une o norte do país com as ilhas será inaugurada dentro de dois anos.

O entorno da cidade, cujo aeroporto faz conexão com 50 cidades chinesas e países próximos e tem uma importante oferta hoteleira de máxima qualidade, foi visitado no ano passado por cerca de 70 milhões de turistas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem