Viagem

Tóquio testa aplicativo que ajuda grávidas a achar assentos no metrô

Getty Images
Procurando um assento no metrô em Tóquio? Um app promete ajudar as mulheres grávidas a encontrá-lo Imagem: Getty Images

da EFE, em Tóquio

12/12/2017 09h05

O metrô de Tóquio e duas companhias japonesas de telecomunicações começaram a testar nesta segunda-feira um aplicativo de mensagens pioneiro que tem como finalidade facilitar que mulheres grávidas consigam um assento quando usam em transporte público.

Veja também

A linha Ginza será usada até sexta-feira para testar a viabilidade do "app", que possibilita que mulheres grávidas enviem um recado através do serviço de mensagem japonês Line a usuários previamente registrados em uma conta especial que apoia a iniciativa para que cedam seus assentos se estiverem perto.

O sistema foi desenvolvido pela companhia japonesa Dai Nippon Printing, que acredita que o aplicativo ajudará àquelas pessoas que estão dispostas a ceder o lugar e não perceberam a presença de mulheres grávidas, segundo explicou em comunicado.

A grávida pode enviar uma mensagem assim que sobe no comboio, que chegará somente para aquelas pessoas que estiverem perto para que cedam o assento, no que é, segundo a empresa, o primeiro serviço do mundo destas caraterísticas.

O desenvolvimento do aplicativo ocorreu em um momento no qual o Japão enfrenta uma taxa de natalidade baixa e um rápido envelhecimento da população, e a tecnologia também pode ser usada num futuro entre pessoas idosas e com incapacidades.

"Ainda não fixamos uma data de lançamento", disse hoje à Agência Efe uma porta-voz da Dai Nippon Printing, que por enquanto está se centrando em testar a eficácia do aplicativo e também não planeja lançar o serviço a nível internacional.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo