menu
Topo

Viagem

Voo mais longo do mundo a Nova York começa a operar em outubro

Getty Images
Nova York Imagem: Getty Images

Kyunghee Park

30/05/2018 13h50

Marque no calendário: a Singapore Airlines definiu a data para reiniciar seu serviço sem escalas para Nova York.

O voo mais longo do mundo começa a operar em 11 de outubro, informou a empresa aérea em comunicado, nesta quarta-feira. A Singapore Air usará a aeronave Airbus A350-900 Ultra Long Range para o voo de quase 19 horas de Cingapura até o Aeroporto Internacional de Newark Liberty, que serve Nova York.

A recuperação da rota que a companhia aérea de bandeira de Cingapura cancelou há mais de quatro anos ajudará a empresa a preencher uma lacuna em sua rede nos EUA que tem beneficiado rivais como Qantas Airways e Cathay Pacific Airways. O novo serviço da Singapore Air -- que superará a rota Doha-Auckland da Qatar Airways como a mais longa do mundo -- oferecerá inicialmente três voos na primeira semana e terá frequência diária a partir de 18 de outubro.

A empresa aérea terá 67 assentos na classe executiva e 94 na premium economy no voo de Nova York. Em 2013, a Singapore Air cancelou os voos diários integrais de classe executiva da cidade-estado até Los Angeles e Newark, em Nova Jersey, porque as rotas eram deficitárias se usadas aeronaves de quatro motores, disseram analistas.

A operadora encomendou sete aviões A350-900ULR, que tem dois motores e um consumo mais eficiente de combustível. A aérea receberá a primeira aeronave em setembro e o restante será entregue até o fim do ano. Os aviões também serão usados para voos diretos a Los Angeles, segundo a Singapore Air, que anunciará mais detalhes futuramente.

Mais Viagem