Topo

Viagem

Igrejas do Reino Unido alugam suas torres para conexão wi-fi

Andy Rain/EFE
A Catedral de Canterbury, na Inglaterra, um dos grandes marcos históricos da Igreja Anglicana Imagem: Andy Rain/EFE

Angelina Rascouet

da Bloomberg

19/02/2018 13h38

As torres das igrejas rurais já não serão apenas uma fonte de inspiração, muitas também ajudarão a obter uma conexão wi-fi, após um acordo entre o governo do Reino Unido e a Igreja da Inglaterra.

A Igreja da Inglaterra chegou a um acordo com departamentos do governo do Reino Unido para incentivar as igrejas a "usarem seus edifícios e outras propriedades para melhorar a conectividade de banda larga, móvel e wi-fi das comunidades locais", informou o Departamento de Assuntos Digitais, Cultura, Mídia e Esporte (DCMS, na sigla em inglês) em um comunicado no domingo.

Veja também

O acordo, que também envolve o Departamento de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais, expande uma iniciativa que já existe em algumas dioceses do Reino Unido, como Chelmsford e Norwich.

"Nosso trabalho melhorou significativamente o acesso à banda larga de alta velocidade na zona rural", disse o bispo Stephen Cottrell, de Chelmsford, no comunicado.

Cerca de 65 por cento das igrejas anglicanas e 66 por cento das paróquias na Inglaterra estão situadas em zonas rurais, de acordo com o governo.

O acordo inclui condições para garantir que a infraestrutura de telecomunicações utilizada não afete as características nem a arquitetura das igrejas, de acordo com o comunicado. O DCMS também afirmou que acordos similares poderiam ser feitos com outras comunidades religiosas.

O anúncio vem na esteira do compromisso assumido pelo governo do Reino Unido no ano passado de que nenhuma parte do país e nenhum grupo da sociedade ficaria sem conectividade adequada, uma promessa que inclui a implementação total da tecnologia 4G e da banda larga super-rápida até 2020.

No mês passado, o governo anunciou que a banda larga super-rápida já está disponível para mais de 19 de cada 20 lares e empresas no Reino Unido.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem