Viagem

Brasil ocupa 14º lugar em ranking de passaportes mais aceitos no mundo

Getty Images
Passaporte brasileiro Imagem: Getty Images

25/10/2017 16h14

O passaporte brasileiro é o "mais poderoso" da América Latina e Caribe e fica no 14º lugar no mundo, segundo a consultoria internacional Arton Capital.

O ranking Passaport Index é feito com base nas restrições a cidadãos de cada nacionalidade e o número de países nos quais é possível entrarem sem visto - como muitas das posições são ocupadas por vários países, há mais do que 13 países à frente do Brasil na lista mundial.

Quem possui um passaporte brasileiro tem acesso livre a 144 países sem ter de apresentar um visto, mais do que os 143 países alcançados pelos passaportes da Argentina e do Chile, que estão em 15º na lista.

Em primeiro, como o "mais poderoso do mundo", está pela primeira vez um passaporte asiático: o de Cingapura, uma pequena nação do sudeste do continente.

Com acesso sem visto a 159 países, superou o passaporte alemão, que está agora em segundo, com 158 países.

Cingapura obteve esse feito graças ao Paraguai - o país sul-americano deu fim às restrições que impunha aos 5,6 milhões de cingapurianos.

"É um efeito das relações diplomáticas inclusivas aplicadas por Cingapura e pela eficácia de sua política internacional", disse em um comunicado Philippe May, diretor da Arton Capital na nação asiática.

Os passaportes mais poderosos  - Quantidade de países que não exigem visto

  1. Cingapura 159
  2. Alemanha 158
  3. Coreia do Sul e Suécia 157
  4. Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Itália, Japão, Noruega, Reino Unido 156
  5. Áustria, Bélgica, Luxemburgo, Holanda, Portugal, Suíça 155
  6. Canadá, Estados Unidos, Irlanda, Malásia 154
  7. Áustria, Grécia, Nova Zelândia 153
  8. Islândia, Malta, República Checa 152
  9. Hungria 150
  10. Letônia, Lituânia, Eslováquia, Eslovênia, Polônia 149

Em terceiro, estão a Coreia do Sul e a Suécia, com acesso a 157 países sem necessidade de visto, enquanto o Afeganistão ficou novamente em último no ranking, com apenas 22 nações permitindo que seus cidadãos entrem livremente.

Enquanto Cingapura subiu, os Estados Unidos caiu no ranking, ocupando atualmente a sexta posição.

Segundo a Arton Capital, as novas políticas migratórias do presidente Donald Trump, em especial seu veto a imigrantes de sete países de maioria muçulmana, fez com que nações como Turquia e a República Centro-Africana a revogarem o acesso livre para americanos, fazendo seu passaporte perder posições desde que ele assumiu o cargo.

Os passaportes mais poderosos da América Latina e Caribe
14. Brasil 144
15. Argentina e Chile 143
20. Barbados 136
22. México 132
23. Bahamas 131
25. Uruguai 129
30. Peru 123

Fonte: Passport Index 
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo