'Avião-hotel' é inaugurado dentro de jumbo na Suécia

CLAUDIA VAREJÃO WALLIN

De Estocolmo para a BBC Brasil

  • BBC

Será inaugurado em dezembro, na Suécia, o primeiro avião-hotel do mundo, criado para funcionar em terra firme dentro de um Boeing 747, o famoso Jumbo.

Batizado de Jumbo Hostel, o avião já está posicionado na entrada do aeroporto internacional de Arlanda, em Estocolmo. O hotel terá 25 quartos, incluindo uma suíte de luxo localizada no cockpit do jato, com visão panorâmica do tráfego aéreo em Arlanda. No total, o Jumbo Hostel acomodará 85 pessoas, com três camas em cada quarto.

O avião que abriga o hotel é um Boeing modelo 747-200, construído em 1976. O jato estava parado no aeroporto de Arlanda desde 2002, quando a companhia aérea Transjet foi à falência.

Reforma

Ao ouvir falar do Jumbo abandonado, o empresário sueco Oscar Diös, dono de uma rede de pequenos hotéis, não hesitou em arrematar o jato para expandir o seu negócio. "Felizmente, fui o primeiro a ter a idéia de transformar aviões em hotéis e, agora, pretendo levar o conceito do Jumbo Hostel a outros países", disse à BBC Brasil o empresário sueco.

Para ser transformado em hotel, o Jumbo passou por uma ampla reforma. Os 450 assentos foram arrancados. O avião ganhou uma decoração moderna, mas alguns itens originais, como no cockpit, foram preservados.

Os quartos têm cerca de seis metros quadrados de área e altura de três metros. Os mais luxuosos estão situados na parte superior do avião. Todos estão equipados com telas de TV planas, nas quais também será possível checar os horários de partida de todos os vôos. Do Jumbo Hostel, serão apenas cerca dez minutos a pé até os pontos de check-in do aeroporto.

"É a alternativa perfeita para aqueles que precisam pegar o avião de manhã cedo e não querem acordar de madrugada", diz Oscar Diös. "Arlanda é também um ponto central para a visita a várias atrações turísticas da Suécia, como o Hotel do Gelo", destaca.

Todo o avião oferece acesso sem fio à Internet. Banheiros e chuveiros estão situados nos corredores. Na parte superior do avião, é possível ter suítes com dependências privadas.

Preços

Segundo o empresário sueco, os preços serão de cerca de US$ 50 por pessoa. Um quarto com três camas custará, portanto, US$ 150. Mas também será possível fazer reservas individuais para uma cama (como no sistema dos albergues para a juventude).

A suíte localizada no cockpit do avião deverá custar em torno de US$ 300. E, para interessados, será possível também reservar toda a parte superior do Jumbo (a antiga primeira classe) por cerca de US$ 500.

"Ainda estamos finalizando os detalhes da decoração, mas estas são as estimativas de preços", disse o empresário. Quem quiser poderá reservar até todo o avião para festas particulares, mas Diös prefere não revelar o preço.

O empresário sueco observa ainda que o Jumbo Hostel não será simplesmente um hotel: o avião estará aberto a visitantes, que poderão inclusive experimentar a sensação vertiginosa de caminhar na asa de um Boeing 747.

O próximo passo do empresário será identificar novas oportunidades para a criação de uma cadeia Jumbo Hostel de aviões-hotel. "Se alguém tiver um avião abandonado no Brasil, me avise", concluiu Diös.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos