Viagem

Kuwait planeja construir metrópole no deserto

Divulgação
Imagem: Divulgação

24/07/2008 13h22

O governo do Kuwait planeja investir US$ 132 bilhões na construção de uma metrópole em um deserto no norte do país.

Batizada de "City of Silk" (Cidade da Seda), a cidade terá capacidade para abrigar 700 mil pessoas e será conectada à capital, Cidade do Kuwait, e a outros importantes centros do Oriente Médio por meio de estradas de ferro.

O projeto é financiado com os lucros obtidos com as vendas de petróleo do país, um dos maiores exportadores da commodity, e deve estar concluído em 2023.

O nome "Cidade da Seda", ou Madinat al-Hareer, em árabe, é inspirado na antiga rota do comércio medieval que ligava a Europa à China pelo Oriente Médio.

De acordo com o escritório de arquitetura britânico responsável pelo projeto futurístico, Eric R. Kuhne, a cidade será construída em uma superfície de 250 quilômetros quadrados e será dividida em quatro áreas: financeira, cultural, ecológica e de lazer.

Estão previstas construções como a de um arranha-céu com mais de mil metros de altura, aeroporto, resorts, santuário da vida selvagem, reservas naturais e grandes centros esportivos, onde as autoridades esperam abrigar competições nacionais.

O anúncio público do projeto será feito nas próximas semanas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo