Viagem

Após proibição, "gladiadores" voltam a se apresentar no Coliseu

Alberto Pizzoli/AFP
Homens fantasiados trabalham tirando fotos com turistas no famoso ponto turístico Imagem: Alberto Pizzoli/AFP

De Roma

21/07/2016 13h06

Cerca de oito meses após a proibição dos homens fantasiados de "gladiadores" e "centuriões" atuarem nos pontos turísticos de Roma, especialmente na área do Coliseu, os artistas voltaram a aparecer para tirar fotos com os visitantes na última quarta-feira (20).   

A volta dos "gladiadores" ocorreu porque a proibição, emitida em 26 de novembro pelo então comissário de Roma, Francesco Paolo Tronca, que governava interinamente a capital italiana, perdeu sua validade no último dia 30.

Na época, Tronca afirmou que a proibição tinha como objetivo "tutelar a segurança urbana e o decoro do patrimônio artístico, histórico e monumental da cidade", alegando que essas pessoas agiam de "maneira inoportuna, insistente e até agressiva". Segundo a mídia italiana, os "centuriões" cobram de 5 a 30 euros por fotos com os turistas - e não gostam de ser evitados por eles.   

Contudo, mesmo com a brecha na legislação, o tempo de trabalho dos "artistas" está contado. A nova prefeita de Roma, Virginia Raggi, afirmou que irá "firmar duas ordens relativas" ao grupo e que eles terão que ficar "distantes de algumas áreas" da capital. A medida deve entrar em vigor ainda nesta semana.   

Raggi deverá manter - ou até aumentar - a multa para quem descumprir a lei. Na época em que estava em vigor, a legislação previa o pagamento de 400 euros para quem não respeitasse a regra.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo