Viagem

Após alagamentos, Museu do Louvre e Orsay reabrem ao público

Richard Nowitz/National Geographic Creative
O aumento do nível do Sena obrigou a relocação de várias obras no museu Imagem: Richard Nowitz/National Geographic Creative

De Paris

09/06/2016 13h15

Os museus do Louvre e de Orsay reabriram ao público na última quarta-feira (8), depois de cinco dias fechados e evacuados como medida de precaução contra as enchentes que atingiram Paris na semana passada e pela cheia do rio Sena.

Algumas áreas dos dois museus, no entanto, permanecerão fechadas até que existam condições para realocar as obras de arte que foram retiradas do acervo, como o departamento de Arte Islâmica do Louvre.

O governo da França anunciou que 782 cidades do país estão em "estado de catástrofe natural" devido às inundações. As companhias de seguro também foram aconselhadas a fazerem o "máximo de esforço" para indenizarem rapidamente as pessoas afetadas pelas enchentes.

De acordo com os institutos de previsão meteorológica, ainda há riscos de temporais violentos nos próximos dias na França, principalmente na zona nordeste do país. O alerta atual é nível laranja, o penúltimo da escala, que termina em vermelho. Na semana passada, o rio Sena atingiu o maior nível em 35 anos, com 6, 10 metros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Viagem

Topo