Viagem

Negociações evitam greve em seis aeroportos britânicos

16/08/2010 18h46

LONDRES, 16 Ago 2010 (AFP) -Negociações de última hora entre a BAA, que administra seis aeroportos britânicos, e o sindicato Unite levaram a um compromisso para evitar uma greve votada pelos funcionários e que deveria ter sido adotada nesta segunda-feira, anunciou o sindicato.

"Chegamos a um acordo que recomendamos aos nossos membros", que deverão se pronunciar novamente por meio de uma votação, declarou um porta-voz da Unite à rede de televisão BBC.

A BAA é a administradora do aeroporto de Heathrow, maior do mundo em termos de voos internacionais, de Stansted (norte de Londres), de Southampton (sul da Inglaterra), assim como dos aeroportos escoceses de Glasgow, Aberdeen e Edimburgo

O sindicato Unite, que diz representar 6.000 funcionários da BAA (agentes de segurança, bombeiros, pessoal de manutenção, etc) havia indicado que 74,1% dos 3.000 funcionários consultados tinham votado a favor de uma greve.

Depois desse anúncio as duas partes aceitaram participar de negociações nesta segunda-feira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo