Aeroporto de Heathrow volta a operar

O aeroporto de Heathrow, em Londres, foi reaberto após cinco dias sem operar e recebeu um voo de Vancouver (Canadá), informaram as autoridades locais.

 

Um porta-voz afirmou que o aeroporto - o maior da Europa - reabriu pouco antes das 22H00 local (18H00 de Brasília), após a agência de segurança aérea britânica anunciar a retomada gradual das operações.

 

"Eu posso confirmar que o aeroporto de Heathrow foi reaberto, e um primeiro voo da British Airways vindo de Vancouver pousou".

 

Uma porta-voz da companhia aérea confirmou que o voo BA84 proveniente do Canadá tocou o solo pouco antes das 22H00 local no Terminal 5 do aeroporto. Ela afirmou que é o primeiro voo a chegar a Heathrow desde sua reabertura.

 

A British Airways acrescentou ainda que mais de 20 voos de longa distância são esperados nos aeroportos de Heatrow ou Gatwick - também em Londres - para a noite desta terça-feira ou a manhã de quarta-feira.

 

Outros aviões tentaram pousar mais cedo, mas foram desviados para outros aeroportos europeus após terem o pedido de permissão de pouso negado, afirmou a porta-voz.

 

A Autoridade britânica de Aviação Civil (CAA) anunciou mais cedo que o espaço aéreo britânico poderia reabrir gradualmente a partir das 22H00 local (18H00 de Brasília), após especialistas concluírem que as turbinas do avião resistem ao voo por entre as cinzas vulcânicas quando a densidade é baixa.

 

"A nova orientação permite uma gradual reabertura a partir das 22H00 local de hoje da maior parte do espaço aéreo, que está fechado devido à nuvem de cinzas vulcânicas que cobrem a Inglaterra", afirmou a CAA em um comunicado.

 

Autoridades aeroportuárias iniciaram uma proibição total de voos na Grã-Bretanha ao meio-dia local (08H00 de Brasília) da quinta-feira passada, após uma nuvem de cinzas passar pelo país.

 

A nuvem de poeira que cobriu a Europa causou a maior paralisação do espaço aéreo do continente desde a Segunda Guerra Mundial.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos