Egito: arqueólogos descobrem estátua do deus da sabedoria

Uma missão arqueológica egípcia descobriu uma estátua gigante do deus da sabedoria Thot, representado na forma de um babuíno e datada de mais de 3 mil anos, anunciou nesta terça-feira o departamento de antiguidades do Egito.

A estátua de cerca de quatro metros de altura foi descoberta em quatro pedaços ao lado de outras duas estátuas durante as obras destinadas a baixar o nível das águas do rio Luxor (sul do país) para ajudar a preservar os templos faraônicos da cidade, afirmou o Conselho supremo de antiguidades em comunicado.

A obra data da XVIII dinastia, que reinou no Egito de 1550 a 1290 antes de Cristo, aproximadamente.

"Esta é a primeira vez que uma estátua de Thot, deste tamanho e com a forma de um macaco, é descoberta", disse à AFP Mansur Boreik, chefe das antiguidades da era faraônica em Luxor.

As estátuas foram descobertas próximo ao templo de Amenhotep III.

Outra estátua, da qual só foi encontrada a parte superior, representa a Amenhotep III e o deus Horus, sob a forma de um falcão.

Uma escultura em granito do faraó Ramsés III, que reinou há cerca de 3 mil anos, também foi encontrada.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos