Novas tumbas são descobertas ao sul do Cairo

CAIRO, 4 Jan 2010 - Arqueólogos egípcios encontraram duas tumbas de 2.500 anos anos em Saqqara, sendo que uma é a maior descoberta arqueológica jamais feita nesta vasta necrópole do sul do Cairo, anunciou nesta segunda-feira o Conselho Superior de Antiguidades (CSA) do Egito.

As duas tumbas, que datam da XXVI dinastia, foram descobertas em Ras el Guesr, na entrada da necrópole, e estão cavadas na rocha, indicou o diretor do CSA, Zahi Hawass, em um comunicado.

"A primeira é a maior tumba já descoberta em Saqqara", acrescentou.

Trata-se de uma imensa sala que possui várias passagens e câmaras, nas quais foram encontrados vários esqueletos, águias mumificadas e fragmentos de tapetes.

A segunda tumba, de proporções mais reduzidas, contém recipientes de barro cozido.

"Esta descoberta demonstra que Saqqara continua guardando segredos", afirmou Hawass.

O sítio de Saqqara é uma grande necrópole da região da antiga Mêmfis, na qual se encontram inúmeras tumbas e as primeiras pirâmides faraônicas.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos