Turismo mundial vai começar a melhorar em 2010

ASTANA, França, 8 Out 2009 (AFP) - O turismo internacional voltará a crescer em 2010, porém não alcançará o patamar de 2007, último ano de esplendor antes da crise, devido ao aumento do desemprego e a contenção do gasto dos turistas, anunciou nesta quinta-feira a Organização Mundial do Turismo (OMT) em Astaná.

"Houve uma ligeira melhora nos dados, mas não prevemos um retorno ao crescimento antes de meados de 2010", declarou nesta quinta-feira à AFP o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, após o fechamento da 18ª Assembleia Geral da Organização.

A crise mudou os costumes dos viajantes: "os turistas se tornaram mais exigentes, tentam gastar menos, mas isto não quer dizer que viajarão menos", afirmou Rifai.

Após quatro anos de dados positivos, o crescimento do turismo internacional recuou 2% em 2008. Este dado contrasta com a alta de 6,1% registrada em 2007.

Para 2009, a OMT previu uma queda da atividade turística de 4 a 6%.

A África era o único continente com crescimento (4,4%) nos primeiros sete meses do ano.

A Europa e a América do Norte, as zonas mais afetadas pela crise, registravam baixas de quase 8%, enquanto a Ásia teve contração de 6,5%.

A América do Sul resistiu bastante bem e limitou sua queda a 0,8%.

Segundo especialistas, a indústria turística enfrentará uma mudança de comportamento dos viajantes em 2010, pois eles estão comparando mais os preços, e também uma mudança dos bancos, que estão mais céticos na hora de conceder créditos.

Eles dizem que, com os déficits orçamentários elevados, os governos estarão menos inclinados a dedicar fundos públicos ao turismo e às infraestruturas.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos