Viagem

Caminho Inca pode se tornar Patrimônio Cultural da Humanidade

LIMA, Peru, 18 Jul 2009 (AFP) - Os representantes de seis países sul-americanos se reunirão a partir de segunda-feira com funcionários da Unesco em Lima para apresentar seus avanços técnicos para que o 'Qhapaq Ñan', Caminho Inca, seja incluído na lista do Patrimônio Cultural da Humanidade, informou a autoridade cultural do Peru.

Os Comitês Nacionais do Qhapaq Ñan da Argentina, Bolívia, Chile, Peru, Colômbia e Equador se reunem entre 20 e 26 de julho com os funcionários do Centro de Patrimônio da Unesco, para que a declaração de Patrimônio Cultural da Humanidade se torne efetiva em 2011.

O processo de nomeação do Qhapaq Ñan começou em 2001, quando o Peru teve a iniciativa de inscrever o Caminho Inca na lista dos candidatos a Patrimônio Mundial da Unesco, destacou Cecilia Bákula, Diretora Nacional do Instituto Nacional de Cultura (INC).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo