Niemeyer entra no projeto de reforma do teatro Le Volcan

E HAVRE, França, 18 Nov 2008 (AFP) - O arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer foi associado às consultas de reforma do teatro Le Volcan (O Vulcão), uma de suas obras, na cidade francesa de Le Havre.

O conjunto arquitetônico, inaugurado em 1982, é formado por dois edifícios brancos batizados, por sua forma, "o pequeno vulcão" e "o grande vulcão".

No entanto, por seu acesso um tanto incômodo, o complexo não tem funcionado como se esperava.

Por este motivo, em 2006, o prefeito de Le Havre, Antoine Rufenacht, do partido conservador UMP, visitou o arquiteto comunista no Rio de Janeiro para pedir soluções, com o objetivo de que o centro cultural possa atrair visitantes.

Niemeyer fez várias propostas que inspiraram uma equipe da prefeitura na elaboração de um projeto de reestruturação, que vai custar 15 milhões de euros.

Depois da reforma, os acessos ao teatro devem ficar no mesmo nível que a calçada. O "pequeno vulcão" terá uma filmoteca para garantir o bom movimento do público.

O acordo é de que o Niemeyer seja consultado com freqüência durante a execução da reforma.

Oscar Niemeyer, responsável ao lado do urbanista Lúcio Costa pelo projeto de Brasília, celebrará 101 anos no dia 15 de dezembro.

Na França, Niemeyer também é responsável pela sede do Partido Comunista em Paris, a Bolsa de Trabalho de Bobigny (periferia norte de Paris) e pelo edifício do jornal comunista L'Humanité em Saint Denis.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos