Greve da Lufthansa já afeta vôos de longo curso

De Berlim

Pela primeira vez desde o início da greve de funcionários da Lufthansa, iniciada domingo às 22h (locais), a companhia aérea alemã teve que cancelar nesta quarta-feira 78 vôos, quatro deles de longo curso.

Esses quatro vôos transoceânicos que foram cancelados no terceiro dia da paralisação, convocada pelo sindicato Verdi, tinham como destino Nova York, Calgary, Chicago e Calcutá.

Na terça-feira, a companhia aérea alemã já havia sido obrigada a cancelar 70 vôos, 3% dos programados para esse dia, por causa principalmente da falta de pessoal técnico para verificar o estado dos aviões. A maioria desses vôos era doméstico e alguns com destino a aeroportos europeus, mas nenhum de longo curso.

A empresa atravessa um conflito salarial que gerou uma paralisação por tempo indefinido. O Verdi exige um aumento de 9,8% dos salários em um ano, enquanto a companhia oferece um aumento de 6,7% em 21 meses.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos