Viagem

Aeroportos fechados na província argentina afetada por chuva de cinzas

BUENOS AIRES, 3 Mai 2008 (AFP) - Dois aeroportos prosseguiam fechados neste sábado na província argentina de Chubut (sul), limítrofe com o Chile devido à pouca visibilidade provocada por uma chuva de cinzas causada pela erupção do vulcão chileno Chaitén, disse à imprensa o governador Mario das Neves.

Segundo ele, "os aeroportos de Comodoro Rivadavia (1.800 km a sudoeste de Buenos Aires) e Esquel (2.000 km a sudoeste) prosseguem fechados por falta de visibilidade".

As autoridades locais lançaram um alerta sanitário, suspendendo aulas, fechando aeroportos e estradas, e distribuindo água potável em algumas localidades.

Esquel, uma comunidade de 32.000 habitantes que fica a 100 km do vulcão, foi uma das mais afetadas pelas cinzas que cobriram ruas, casas e veículos com um pó fino branco.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo