Chipre abre passagem simbólica em sua dividida capital

De Nicósia

Um novo ponto de passagem, fechado há 45 anos, foi aberto em uma cerimônia oficial nesta quinta-feira no centro de Nicósia, a capital do Chipre dividida entre greco-cipriotas e turco-cipriotas, marcando uma etapa simbólica nos esforços de reunificação da ilha.

Autoridades das prefeituras greco-cipriota e turco-cipriota participaram na cerimônia de abertura da nova passagem da rua Lendra, na área de Nicósia administrada pela ONU e que separa o Norte e o Sul da capital.

A barreira metálica que fechava o acesso do lado greco-cipriota foi retirada durante a madrugada.

As barreiras da rua Lendra foram as primeiras criadas em Nicósia, após os distúrbios étnicos de 1963. A ONU foi obrigada a intervir no ano seguinte e permanece presente no Chipre.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos