Europarlamento aprova a presença de 'xerifes' armados em vôos na Europa

De Estrasburgo, na França

O Europarlamento aprovou nesta terça-feira a possibilidade de que os vôos na Europa contem com 'xerifes aéreos' armados, em função de uma legislação sobre segurança aérea acertada com os Estados membros do bloco.

Em sua negociação, a Eurocâmara conseguiu em janeiro passado que esses agentes encarregados de garantir a segurança dos aviões e seus passageiros tenham uma formação específica.

O texto adotado nesta terça em Estrasburgo (leste da França) prevê, além disso, dispensar de novos controles os passageiros em escala na UE, quando procederem de países terceiros com critérios de segurança equivalentes aos da Europa.

Outro comprimisso obtido se refere ao direito de controlar a definição no futuro de normas comuns para a segurança aérea, como, por exemplo, a evolução da regulamentação sobre os líquidos autorizados nas malas de mão.

Desde novembro de 2007 e por temor de explosivos líquidos, a UE reduziu por precaução a quantidade de líquidos e cremes autorizados na cabine, proibindo os recipientes com mais de 100 mililitros.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos