Argentina encomenda primeiro trem de alta velocidade da América Latina

A presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, anunciou nesta quarta-feira que contratou a empresa francesa Alstom para a construção do primeiro trem de alta velocidade da América latina, que unirá Buenos Aires e Córdoba (700 km ao norte) e custará 1,5 bilhão de dólares.

Durante ato na Casa Rosada (governo), estiveram presentes o secretário de Transportes da França, Dominique Bussereau, e representantes do consórcio Veloxia, que a Alstom lidera e integra junto da espanhola Isolux e das argentinas IECSA (construtora) e EMEPA, especializada em material ferroviário.

O trem, o primeiro desse tipo no país e na América Latina, deverá ser concluído em 36 meses e percorrerá o trecho Buenos Aires-Rosário-Córdoba, conectando as três cidades mais populosas da Argentina, e cobrirá o eixo de maior atividade industrial, agrária e de serviços do país.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos