Viagem

Cinzas expelidas por vulcão chileno afetam aeroporto argentino

02/01/2008 14h48

O aeroporto da província argentina de Neuquén (sudoeste) suspendeu nesta quarta-feira suas operações afetado pelas cinzas vulcânicas expelidas pelo vulcão Llaima, de 3.125 metros de altura, no Chile, que entrou em erupção na tarde de terça-feira, lançando gás e material sólido, informou a companhia aérea Aerolíneas Argentinas.

O aeroporto internacional Presidente Perón está separado do território chileno pela Cordilheira dos Andes.

O Departamento Nacional de Emergência do Chile informou nesta terça-feira que a coluna de gás e cinzas alcançam 7 km, seguindo em direção ao território argentino.

O Llaima é um dos vulcões mais ativos do Chile e sua erupção anterior mais significativa foi registrada em 1994.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo