Buenos Aires ganha primeiro monumento ao tango

AFP
Monumento ao tango é instalado em Buenos Aires
MAIS SOBRE BUENOS AIRES
IMAGENS DA CAPITAL ARGENTINA
BUENOS AIRES - Um enorme fole de bandoneón, construído em metal e pesando duas toneladas, foi inaugurado nesta segunda-feira no tradicional bairro de Puerto Madero, como primeiro monumento ao tango de Buenos Aires, cidade que se promove como 'a capital mundial da música do dois por quatro'.

A obra foi transportada em um caminhão pela cidade, saindo do bairro de Chacarita (oeste) até Puerto Madero, às margens do Rio da Prata, em um festivo cortejo integrado por dezenas de pessoas, incluindo o diretor de orquestra Leopoldo Federico e os compositores Ben Molar e Horacio Ferrer.

A travessia terminou na praça que fica no cruzamento da rua Azucena Villaflor (em homenagem à fundadora da organização Mães da Praça de Maio) com a Avenida dos Italianos, em Puerto Madero, um dos bairros mais caros da capital argentina.

O imponente monumento - que mede 3,50 metros - é uma obra abstrata em forma de "fueye", como se chama em lunfardo (gíria portenha) o "fole' do instrumento simbólico do tango.

A inauguração oficial da escultura, que custou 350 mil pesos, será no dia 22 de novembro, para comemorar o Dia da Música.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos