Descoberto importante santuário celta perto de Lausanne

ECLEPENS, Suíça, 21 Set (AFP) - Um importante santuário celta foi descoberto entre Lausanne e Yverdon-les-Bains, na Suíça, durante trabalhos de ampliação de uma estrada pertencente à fabricante de cimento Holcim, informaram nesta quinta-feira os serviços de arqueologia do cantão de Vaud.

"Foi uma surpresa total, porque o local era desconhecido", informou o arqueólogo suíço Denis Weidmann, segundo quem o santuário foi, por enquanto, datado entre 120 e 80 anos antes de Cristo.

Os arqueólogos também localizaram 170 fossas contendo centenas de peças: cerâmicas, jóias, moedas e utensílios, mas também carcaças de animais e ossadas humanas de adultos e crianças que podem ter sido sacrificados. O conteúdo das fossas está intacto desde a antiguidade.

Os cientistas também encontraram os restos de cerimônias e sacrifícios dedicados a divindades até o momento desconhecidas.

"Trata-se do primeiro santuário com tal riqueza e concentração descoberto na Suíça. Ele nos ensinará muito sobre os ritos e a vida cotidiana das populações daqui", informou Weidmann.

Os objetos serão incluídos no acervo do Museu cantonal de Arqueologia de Lausanne.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos