menu
Topo

Viagem


Bebê real a caminho: veja locais que mostram o poder da monarquia britânica

Getty Images
Príncipe Harry e Meghan, a duquesa de Sussex Imagem: Getty Images

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

2019-05-01T04:00:00

01/05/2019 04h00

O primeiro bebê de Meghan Markle e do príncipe Harry está para nascer a qualquer momento e, como é de se esperar, deve trazer os holofotes do mundo para a midiática família real britânica.

Não faltarão matérias e discussões sobre este novo descendente da rainha Elizabeth 2ª, o que seguramente irá aumentar o interesse do público pelo Reino Unido.

Mas você sabia que, na Inglaterra, País de Gales e Escócia, é possível visitar vários castelos, palácios e outros monumentos relacionados aos reis, rainhas e príncipes que já passaram pelo território britânico?

A seguir, conheça alguns destes locais.

Castelo de Cowny (País de Gales)

VisitBritain/ Lee Beel
Imagem: VisitBritain/ Lee Beel

O Castelo de Cowny é uma fortificação inaugurada no final do século 13 para o rei Edward 1º e que fica no litoral do País de Gales.

O castelo impressiona com suas oito torres e posição elevada sobre a região que o rodeia.

Turistas podem caminhar entre suas muralhas e, de lá de cima, admirar uma lista vista do estuário do rio Cowny (que fica especialmente bonito sob a luz solar do fim do dia).

E, lá dentro, é possível explorar ambientes que imergem o público em uma atmosfera medieval, com resquícios de seus imponentes salões e acomodações reais.

Mais informações: https://cadw.gov.wales/daysout/conwycastle/?lang=en

Castelo de Windsor (Inglaterra)

VisitEngland/© Doug Harding
Imagem: VisitEngland/© Doug Harding

O Castelo de Windsor é um dos mais populares destinos monárquicos do Reino Unido.

Muito frequentado pela rainha Elizabeth 2ª, o local chama a atenção com sua paisagem imponente, composta pela via batizada de The Long Walk, que é cercada por árvores e que exibe, ao fundo, o castelo, em um cenário perfeito para uma foto.

Na visita, os turistas podem observar a cerimônia de Troca da Guarda (geralmente realizada às 11h das terças, quintas e sábados) e entrar em cômodos recheados de móveis suntuosos e obras de arte da época da rainha Victoria.

Neste passeio, não deixe de visitar a capela de São Jorge, considerada uma das mais lindas edificações góticas do Reino Unido e que abriga os restos mortais de diversos monarcas britânicos, incluindo Charles 1º.

Mais informações: www.rct.uk/visit/windsorcastle

Palácio de Kensington (Inglaterra)

Getty Images
Imagem: Getty Images

Localizado em Londres, o Palácio de Kensington foi, no século 19, morada de infância da rainha Victoria.

Seus jardins constituem uma área para lindos passeios em dias de sol, com trechos cobertos por flores e pontuados por belíssimas fontes.

Por ocasião dos 200 anos do nascimento da rainha Victoria, que estão sendo celebrados em 2019, o Palácio de Kensington abriga, neste ano, exibições dedicadas à rainha Victoria, mostrando, por exemplo, objetos pessoais da monarca (como cartas e diários) e histórias de sua vida ao lado do príncipe Albert.

Mais informações: www.hrp.org.uk/kensington-palace/whats-on/the-palace-gardens/

Palácio de Buckingham (Inglaterra)

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

O Palácio de Buckingham é um dos mais famosos cartões-postais de Londres.

O local tem status de residência oficial na capital inglesa dos monarcas britânicos desde 1837 e, em determinadas épocas do ano, abre suas portas para o público, que pode explorar diversas de suas salas oficiais, com quadros de gênios como Rembrandt e Rubens, móveis que são verdadeiras obras de arte e esculturas de artistas como Francis Chantrey.

Entre julho e setembro de 2019, o palácio também irá sediar uma exposição sobre a rainha Victoria.

Mais informações: www.visitlondon.com/things-to-do/event/27250576-buckingham-palace-tour-summer-opening

Royal Pavilion (Inglaterra)

Divulgação/VisitBritain
Imagem: Divulgação/VisitBritain

Situado na cidade de Brighton, a aproximadamente 90 km de Londres, o Royal Pavilion foi construído no século 18.

Seu projeto é inspirado na arquitetura de grandes edificações indianas e chinesas

O local foi utilizado como palco para banquetes promovidos pelo rei George 4º e, no século 19, chegou a ser usado como residência pela rainha Victoria. E, até hoje, é uma das mais chamativas imagens desta área do sul da Inglaterra.

Hoje, é possível visitar o interior do Royal Pavilion e passear por lugares como a antiga sala dos banquetes e e sala de música, onde artistas divertiam os convidados do rei George 4º com apresentações de ópera.

Mais informações: https://brightonmuseums.org.uk/royalpavilion/

Torre de Londres (Inglaterra)

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Usada, ao longo dos séculos, como residência real, fortificação e até prisão, a Torre de Londres tem um espaço chamado Jewel House, onde turistas têm a chance de admirar de perto uma enorme coleção de joias da monarquia britânica.

No local, estão em exibição coroas e peças cerimoniais (muitas delas adornadas com pedras preciosas e ainda utilizadas em eventos reais nos dias de hoje) que chegam a remontar ao século 17.

Um dos objetos à mostra na Torre de Londres é a Imperial State Crown, coroa usada pela rainha Elizabeth 2ª nas cerimônias de abertura do Parlamento do Reino Unido.

Mais informações: https://www.hrp.org.uk/tower-of-london/history-and-stories/the-crown-jewels/#gs.8doni6

Osborne House (Inglaterra)

Divulgação/English Heritage
Imagem: Divulgação/English Heritage

A Osborne House fica em Isle of Wight, ilha que pertence à Inglaterra (e que fica no sul do país).

Trata-se de um palácio usado, no século 19, como local de descanso pela rainha Victoria.

Neste lugar, o público visita as acomodações utilizadas pela monarca e seu marido (o príncipe Albert) e, ali do lado, até uma praia que os dois frequentavam.

Lá, há também um lindo jardim para uma caminhada em um dia ensolarado.

Mais informações: www.english-heritage.org.uk/visit/places/osborne/

Castelo de Balmoral (Escócia)

DouglasMcGilviray/Getty Images/iStockphoto
Imagem: DouglasMcGilviray/Getty Images/iStockphoto

O Castelo de Balmoral, em Aberdeenshire, na Escócia, servia de refúgio para a rainha Victoria durante o século 19 (e até hoje é frequentado por membros da monarquia britânica).

Parte de sua estrutura se encontra aberta ao público entre os meses de abril e julho. Neste período, é possível visitar, por exemplo, os jardins do castelo e o Castle Ballroom, espaço interno com obras de arte e que, em 2019, sedia uma exposição com objetos e imagens do período vitoriano (como parte das celebrações dos 200 anos do nascimento da rainha Victoria).

Mais informações: www.balmoralcastle.com

Royal Yacht Britannia (Escócia)

Divulgação/Visit Scotland
Imagem: Divulgação/Visit Scotland

Em Leith, na área da cidade escocesa de Edimburgo, turistas podem visitar o Royal Yacht Britannia, embarcação que já transportou a rainha Elizabeth 2ª em diversas ocasiões e recebeu a visita de personalidades como Winston Churchill, Nelson Mandela e Rajiv Gandhi.

A bordo, é possível conhecer o deque onde a família britânica gostava de relaxar sob o sol durante viagens com a embarcação, uma sala de jantar onde a monarca Elizabeth 2ª compartilhou refeições com líderes mundiais e até o espaço no qual ela gostava de tomar seu chá.

Mais informações: www.royalyachtbritannia.co.uk

Mais Viagem