menu
Topo

Viagem


Veja palácios britânicos onde membros da família real passaram a infância

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

07/12/2018 04h00

O recente anúncio de que o príncipe Harry e sua esposa, a duquesa de Sussex, Meghan Markle, estão esperando um filho trouxe, novamente, os holofotes da imprensa mundial para a família real britânica. 

Enquanto o bebê não chega (e não gera uma enxurrada de notícias por todo o planeta), você já imaginou visitar lugares onde outros membros ilustres da monarquia britânica nasceram e/ou passaram a infância?

Muitos destes locais são abertos a turistas, fazendo a alegria de quem gosta da rainha Elizabeth 2ª e companhia.  

Abaixo, conheça palácios e castelos do Reino Unido nos quais membros da realeza atravessaram seus primeiros momentos de vida. 

Palácio de Buckingham (Londres, Inglaterra)

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

O Palácio de Buckingham é um dos mais famosos cartões-postais do Reino Unido, e foi lá que nasceram o príncipe Charles e seu irmão, o príncipe Andrew. 

E há um fato curioso envolvendo este cartão-postal: "avisos de nascimentos e mortes reais ainda são colados nas grades do palácio para que os súditos leiam, mesmo que hoje você saiba tudo pelo Facebook ou Twitter primeiro", informa o Visit Britain, órgão responsável por promover o Reino Unido turisticamente. 

O palácio fica aberto ao público durante o verão europeu, além de ser acessível a passeios limitados em dezembro, janeiro e na Páscoa.

Palácio de Kensington (Londres, Inglaterra)

Getty Images
Imagem: Getty Images

Localizado na capital inglesa, o Pálacio de Kensington foi lar da falecida princesa Diana durante muito tempo de sua vida adulta. Foi lá que cresceram seus filhos, os príncipes William e Harry.

Atualmente vivem no local os netos de Lady Di: o Príncipe George, a Princesa Charlotte e o caçula, Príncipe Louis, todos frutos da união entre William e Kate Middleton, duquesa de Cambridge. 

Um dos principais atrativos de visitar o palácio é passear por seus lindos jardins, onde é possível atravessar túneis de árvores e admirar uma lagoa ornamental com fontes que costumam encantar as crianças. 

Sandringham Estate (Norfolk, Inglaterra)

Divulgação/Visit Britain
Imagem: Divulgação/Visit Britain

Dentro da propriedade chamada Sandringham Estate (situada em Norfolk, a cerca de 180 quilômetros de Londres) nasceu, em 1961, Diana Frances Spencer, que viria a se tornar a princesa Diana (o nascimento não ocorreu dentro da imponente construção vista na foto, mas em uma casa que fica no mesmo terreno). 

O local abriga lindos jardins (ótimos para românticas caminhadas) e um museu que conta a história de Sandringham. Na hora de descansar as pernas, muitos turistas curtem uma xícara de chá com bolo no estabelecimento conhecido como Stables Tearoom, que fica dentro da propriedade e oferece linda vista para os jardins ao redor. Sandringham Estate se encontra aberto ao público de abril a novembro.

Castelo de Glamis (Angus, Escócia)

PAUL TOMKINS/VisitScotland
Imagem: PAUL TOMKINS/VisitScotland

Situado a aproximadamente 120 quilômetros de Edimburgo, na Escócia, o Castelo de Glamis tem uma história que remonta ao século 11 e é um importante marco para a monarquia britânica.

A falecida mãe da rainha Elizabeth 2ª passou parte da infância por lá (e o castelo foi o local de nascimento da irmã da atual monarca britânica, a princesa Margaret, que morreu em 2002). 

O Castelo de Glamis é aberto para visitas guiadas. 

Castelo de Pembroke (Pembrokeshire, País de Gales)

Getty Images
Imagem: Getty Images

Localizado no País de Gales, a aproximadamente 390 quilômetros de Londres, o Castelo de Pembroke é o local de nascimento, no século 15, de Henrique 7º, o primeiro monarca da dinastia Tudor.

"A Wogan's Cavern, no subsolo do castelo, vale muito a visita", recomenda o órgão Visit Britain. "Ela é o lar de residentes muito especiais e diferentes: os morcegos-anões!". 

Castelo de Edimburgo (Edimburgo, Escócia)

VisitBritain/Andrew Pickett
Imagem: VisitBritain/Andrew Pickett

O Castelo de Edimburgo é o grande símbolo da capital escocesa. Trata-se de um monumento que fica em um ponto elevado da cidade (oferecendo vistas panorâmicas incríveis para Edimburgo) e com uma história bem interessante: lá nasceu, no século 16, o rei James 6º, filho de Mary, a Rainha dos Escoceses.

Dentro do castelo é possível ver de perto as joias usadas por Mary quando ela foi coroada, além de objetos que pertenceram ao rei James 6º.

Castelo de Windsor (Windsor, Inglaterra)

VisitEngland/© Doug Harding
Imagem: VisitEngland/© Doug Harding

O Castelo de Windsor, localizado a cerca de 40 quilômetros de Londres, é outro marco importantíssimo para a história da monarquia britânica. 

A rainha Victoria passou muito tempo de sua vida dentro desta propriedade. Já durante a Segunda Guerra Mundial, a hoje rainha Elizabeth 2ª (naquela época, ainda uma adolescente) usou abrigos antibomba dentro do Castelo de Windsor durante ataques aéreos nazistas contra a Inglaterra.   

E, já foi anunciado que, no ano que vem, o príncipe Harry e a duquesa de Sussex irão se mudar para uma residência no mesmo terreno do famoso Castelo de Windsor (onde Meghan irá passar os estágios mais avançados da gravidez). 

Mais Viagem