menu
Topo

Viagem

Roteiros gastronômicos


Viaje pelo Brasil conhecendo alambiques e produtores artesanais de cachaça

Renê Castro

Colaboração para UOL

13/08/2018 04h00

Produto genuinamente brasileiro, a cachaça é uma das iguarias que melhor representa a história e a cultura nacional. De gosto forte e aromas diversos, a branquinha tornou-se também cartão de visitas para muitos estados que decidiram transformar a água que o passarinho não bebe em um negócio lucrativo e de repercussão internacional.

Segundo o Mapa da Cachaça, uma das referências do assunto no Brasil, há mais de três mil marcas da "marvada" registradas em solo nacional. Todo esse movimento pode ser observado em festivais, eventos privados e in loco, por meio do turismo.

Veja também

Portanto, se você é fã é de uma boa cachaça, saiba que uma viagem pode ser a desculpa perfeita para fazer degustações, conhecer alambiques, museus e, claro, levar algumas garrafas para casa. Veja abaixo alguns destinos que possuem produtores de cachaça e rendem bons passeios.

Divulgação
Cachaçaria Milagre de Minas, em Ouro Preto, possui uma infinidade de rótulos Imagem: Divulgação

Minas Gerais

Um dos expoentes da produção de cachaça no país, Minas Gerais conta com inúmeros destinos para quem não vê a hora de sentir a garganta esquentar. Ouro Preto, por exemplo, além de ser uma das principais cidades históricas do país abriga algumas lojas que valem a visita, como a Cachaçaria Milagre de Minas. O espaço conta com mais de 100 rótulos de cachaças fabricadas no Estado e alguns produtos típicos.

Outras três cidades que merecem ser incluídas no roteiro são Betim, Salinas e Tiradentes. Na primeira há o Vale Verde Alambique, principal produtora da região e administradora de um museu com mais de duas mil garrafas.

Já em Salinas estão localizados alguns dos melhores produtores do país. Tem alambique para todo lado, portanto, basta escolher um aberto ao público e se deliciar.

Por fim, Tiradentes, outra cidade histórica e conhecida por abrigar uma das principais obras do artista Aleijadinho, na fachada da Matriz de Santo Antônio. Entre uma caminhada e outra, faça uma parada estratégica no centro histórico para espiar algumas lojas especializadas em cachaça, como a Confidências Mineiras e a Flor de Lótus.

Divulgação
Cachaça Rainha á símbolo do Brejo Paraibano Imagem: Divulgação

Paraíba

No agreste do estado, a microrregião de Brejo Paraibano é formada por oito municípios e pode ser considerada um polo de produção artesanal da bebida. A cidade de Bananeiras é a que mais se destaca, em especial pela criação do rótulo Rainha. Vale apenas um alerta: a graduação alcoólica desta branquinha está perto dos 50%. Beba com moderação!

Pernambuco

Ao desembarcar em Recife, vá direto para a cachaçaria Carvalheira, uma das mais famosas de Pernambuco e produtora de vários estilos da bebida. Vale a degustação.

A 60 quilômetros de distância está a cidade de Tracunhaém, onde está instalado o Museu da Cachaça, lar de mais de 12 mil garrafas. Dá para imaginar como ficarão as selfies por lá, não é?

Rio de Janeiro

Outro estado que merece respeito quando o assunto é cana é o Rio de Janeiro.

Em Paraty, por exemplo, a produção da bebida se confunde com a história da cidade, com alambiques em estradas de terra e pequenos produtores que realizam o processo em suas próprias casas. Se estiver em dúvida por onde começar, vá ao centro histórico e converse com os moradores sobre possíveis roteiros. É certeza de bons passeios!

Em Valença, distante cerca de 150 quilômetros da capital, na região do Vale do Café, está a marca Santa Rosa. A fazenda possui um engenho repleto de boas histórias, deixando a visita ainda mais interessante.

Divulgação
Alambique Flor do Vale, em Canela Foto Mapa da Cachaça Imagem: Divulgação

Rio Grande do Sul

Em direção ao extremo Sul do país está a simpática Canela, cidade que abriga o Alambique Flor do Vale. O passeio por lá é um só: beber cachaça e curtir o visual.

No litoral do estado está Capão da Canoa e o Alambique Espraiado, especializado em cachaça branca e pinga.

Divulgação
Rancho da Cachaça, em Holambra Imagem: Divulgação

São Paulo

Se você mora em São Paulo, saiba que o Estado é um dos maiores produtores de cachaça do Brasil. Confira as principais cidades:

Bragança Paulista: o Galpão Busca Vida é um bar e pizzaria que oferece um ambiente agradável para quem quer degustar vários tipos de cachaça com requinte.

Brotas: a pedida por lá é a Casa da Cachaça, que conta com um mini alambique para degustação e produtos típicos.

Guararema: o Engenho do Salto fica a poucos quilômetros da cidade e comercializa cachaças artesanais e licores.

Holambra : o Rancho da Cachaça é uma bom passeio, já que permite aos visitantes conferir todo o processo de fabricação e, de quebra, levar umas garrafas para a reserva pessoal.

Monte Alegre do Sul: a cidade tem mais de 50 alambiques, ou seja, você não passará sede por lá.

Morungaba: procure o Empório da Cana para ter acesso a pingas artesanais e o licor de cachaça, carro-chefe do espaço.

Santo Antônio do Pinhal: a Bodega conta com garrafões para degustação demais de 40 sabores de cachaça. Bora abrir o apetite? 

Mais Roteiros gastronômicos