Topo

Viagem

Maioria dos viajantes brasileiros escolhe destinos pela gastronomia local

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL

25/06/2018 13h52

Conquistar pelo estômago também vale para quem quer fazer turismo. Segundo pesquisa do site Booking.com, 71% dos viajantes brasileiros escolhem suas viagens pelas comidas e bebidas.

Só entre as previsões de viagens ainda em 2018, 40% disseram planejar uma viagem dedicada ao turismo culinário - número maior que a média global, que é de 34%. Quando comparado aos países latino-americanos, o Brasil também demonstra mais vontade de aliar gastronomia e turismo e fica à frente de México (33%), Colômbia (32%) e Argentina (13%).

Veja também

A pesquisa analisou avaliações, fotografias e dados de mais de 50.000 viajantes globais.

Viagens pelo Brasil

A chef brasileira Helena Rizzo, do restaurante Maní, em São Paulo, dá dicas de como achar os melhores tesouros gastronômicos brasileiros:

Minas Gerais

  • agende uma visita a um ou dois produtores da região escolhida para conhecer. É lindo ver todo o processo, entender o trabalho que dá produzir cada peça e o tempo que leva para maturar. A gente passa a dar mais valor ao produto e ao produtor;
  • no Mercado Municipal de Belo Horizonte, procure e coma um pedaço de broa de milho recheada com queijo enquanto toma um cafezinho. Você vai se lembrar dela – e do queijo minas – para sempre!

São Paulo

No bairro da Liberdade, berço da cultura japonesa, a chefe indica uma visita ao boteco japonês, o izakaya. Escolha dois ou três endereços vizinhos (na Liberdade há vários):

  • Vá em grupo, para poder pedir várias porções e compartilhá-las no centro da mesa ou mesmo no balcão;
  • Tente fazer uma boa mistura entre porções de peixes marinados, vegetais em conserva e pratos quentes.

Cerrado 

  • Dispa-se de todo e qualquer preconceito em relação aos peixes de rio; eles são diferentes dos de mar, claro, mas igualmente saborosos;
  • Se visitar o estado de Mato Grosso, não saia de lá sem provar mojica de pintado, pacu assado e piraputanga; 
  • Você nunca vai encontrar um pequi tão gostoso quanto in loco; portanto, se jogue no pequi, tomando o cuidado para não morder o caroço e machucar a boca com os espinhos em seu interior.

Nordeste

"Arrisco-me a dizer que na Bahia estão os mais bonitos encontros entre os ingredientes brasileiros e os preparos de origem africana. Em Salvador, por exemplo, é uma delícia o cheiro de dendê em cada canto", afirma.

  • Reservar ao menos um dia para visitar e fazer compras na Feira de São Joaquim, em Salvador. É uma abundância, uma riqueza de produtos e de cultura de cair o queixo; 
  • Provar todas as comidas locais que puder, das moquecas de peixe e camarão aos bobós, vatapás e carurus;
  • Não sair da cidade sem comer o famoso bolinho de tapioca e coco, frito e polvilhado com açúcar e canela.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem