menu
Topo

Viagem

Na fossa por causa do Dia dos Namorados? Veja destinos para desencalhar

Getty Images
No mundo, não faltam lugares para paquerar e até conhecer um novo amor Imagem: Getty Images

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

04/06/2018 04h00

Não está feliz por estar só no Dia dos Namorados? No Brasil como no exterior, há destinos turísticos perfeitos para conhecer gente nova, entrar em um clima de pegação e, quem sabe, até engatar um novo relacionamento amoroso que perdure até o próximo 12 de junho. Veja alguns:

Leia também

Praias baladeiras

Se você não abre mão de uma praia paradisíaca durante uma viagem (e, ao mesmo tempo, quer fazer muita gandaia e entrar em um clima de paquera), vale a pena planejar uma viagem à Tailândia. Além de serem lindas, as praias do país asiático são uma espécie de playground para milhares de jovens turistas da Europa, América do Norte e Oceania (e, cada vez mais, do Brasil).

É no território tailandês (mais especificamente na ilha de Koh Phangan) que é realizada mensalmente a lendária Full Moon Party (na foto abaixo), que, sobre a areia e sob a lua cheia, reúne uma legião de boêmios do mundo inteiro em uma festa turbinada pelo rum tailandês Sangsom, muita música eletrônica e um ambiente intenso de pegação. Baladas com perfil parecido também acontecem no balneário de Phuket, outro reduto boêmio tailandês. 

Getty Images
A Festa da Lua Cheia, na Tailândia, é uma das baladas mais insanas da Ásia Imagem: Getty Images

Porém, se a intenção for curtir o Velho Continente, considere visitar as praias da Croácia neste meio de ano, quando as orlas do país são tomadas por turistas festeiros. Durante o dia, há baladas a bordo de embarcações que navegam pelo mar Adriático. E, à noite, diversas cidades litorâneas croatas oferecem excelentes discotecas para varar a madrugada. Entre os melhores destinos da Croácia para cair na gandaia estão a ilha de Hvar e a cidade histórica de Split

O Brasil, por sua vez, também abriga ótimos destinos litorâneos para quer quer conhecer gente nova e, de quebra, fugir da alta do dólar. Porto Seguro, na Bahia, tem baladas que podem ocupar todas as noites da semana e que costumam ser frequentadas por muita gente a fim de pegação. O mesmo se aplica a Florianópolis, com locais concorridos como a praia de Jurerê Internacional, onde existem célebres casas noturnas ótimas para um agito. 

Estilo mochileiro

Caso você não faça questão de muito luxo e conforto na hora de dormir, saiba que uma das melhores maneiras de conhecer gente nova durante uma viagem é se hospedando em hostels. São locais que, com seus quartos, salas e cozinhas compartilhados, costumam proporcionar interação intensa entre os hóspedes (geralmente gente jovem e de espírito aventureiro). 

Getty Images
Barcelona é uma ótima cidade para mochileiros solteiros Imagem: Getty Images

A cidade espanhola de Barcelona, por exemplo, é famosa por abrigar alguns dos hostels mais festeiros do mundo (como o lendário Kabul Party Hostel), que semanalmente realizam festas insanas com seus hóspedes e, às vezes, os levam para curtir algumas das discotecas locais. Outras metrópoles europeias que têm o mesmo perfil são Amsterdã (na capital holandesa estão os festivos hostels da marca Flying Pig), Budapeste (com o famoso Retox Party Hostel) e Lisboa

No Brasil, o Rio de Janeiro é um dos melhores lugares para se hospedar em um hostel festeiro e conhecer gente estrangeira. E, nos países vizinhos, Buenos Aires (onde está, por exemplo, o animadíssimo hostel Milhouse Hipo) e La Paz (com o hostel boêmio Wild Rover, que tem seu próprio pub) são ótimas opções para engatar um casinho com algum mochileiro ou mochileira. 

Balada com estilo

No mundo, não faltam também opções de viagem para quem quiser cair na balada e entrar em um clima de paquera em grande estilo. Um dos mais famosos destes locais é, sem dúvida, Las Vegas, a cidade americana que atrai legiões de turistas que estão muito a fim de festa. 

Aqui, a graça é ver e ser visto em discotecas sofisticadas como a Hyde Bellagio (que oferece vista para a gigantesca fonte de água que fica na frente do hotel Bellagio), a Hakkasan (localizada no MGM Grand e que recebe DJs de fama internacional, como o astro Tiësto) e a 1 OAK Nightclub, muito frequentada por ricos e famosos. 

Divulgação/MGM Resorts International
As fontes mais famosas de Vegas podem ser vistas da balada Hyde Bellagio Imagem: Divulgação/MGM Resorts International

Na Europa, Ibiza cumpre este papel: a ilha espanhola, que pega fogo com festas intermináveis durante o verão europeu (agora no meio do ano) é o lar de casas noturnas lendárias como a Pacha, a Amnesia e a Privilege, muito frequentadas por turistas solteiros em busca de pegação e embaladas por excelentes DJs de música eletrônica. 

E, se intenção for viajar pelo Brasil, explore a vida boêmia da maior cidade do país: São Paulo está repleta de discotecas sofisticadas onde a paquera rola solta. 

Pouco explorado

Getty Images/iStockphoto
Belgrado, na Sérvia, tem uma das melhores vidas noturnas da Europa Imagem: Getty Images/iStockphoto

Um dos locais ainda não tão explorado pelos brasileiros é a Sérvia: sua capital, Belgrado, é uma das cidades com uma das melhores vidas noturnas da Europa, com baladas sendo realizadas em excelentes discotecas e até em embarcações ancoradas no rio Danúbio, que banha este centro urbano.

Mais Viagem