Topo

Viagem

Balada na Europa: veja os destinos ideais para se jogar na noite

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

27/02/2018 04h00

A Europa não é um destino indicado apenas para os amantes de história, boa gastronomia e obras-primas arquitetônicas. Recheado de cidades boêmias, o Velho Continente também agrada (e muito) o turista que gosta de se jogar na balada. Abaixo, veja destinos europeus que oferecem ótimas oportunidades para cair na gandaia.

Berlim

Getty Images
Imagem: Getty Images

Berlim é uma das mecas mundiais da música eletrônica e abriga algumas das mais célebres discotecas da Europa, que promovem noitadas insanas comandadas por excelentes DJs. Entre estas baladas, se destacam a lendária Berghain (instalada no espaço de uma antiga usina na região de Friedrichshain) e a Tresor, que existe desde os anos 90 e continua bombando. Para quem só quiser curtir um barzinho descolado, vale a pena ir até Kreuzberg, uma das mais boêmias áreas da capital alemã (lá também está o SO36, famosa casa de shows de rock).

Belgrado

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Capital da Sérvia, Belgrado está longe de ser o mais famoso destino turístico da Europa. Porém, caso você decida visitar esta interessante cidade do Leste Europeu, não deixe de curtir sua vida noturna (uma das melhores do Velho Continente). No verão, são promovidas baladas em enormes embarcações ancoradas nos rios Danúbio e Sava (que banham Belgrado), em um ambiente cheio de atmosfera e gente bonita. Já a região da turística rua Skadarlija abriga animados barzinhos com música ao vivo, discotecas e grupos de ciganos fazendo música ao ar livre. 

Veja também

Lisboa

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Apesar de sua aparência de cidade tradicional, Lisboa oferece uma vida noturna que promete surpreender o mais convicto dos boêmios. Um roteiro ideal pela capital portuguesa é começar a noite ouvindo um fado em algum restaurante da histórica região da Alfama e depois ir até a Praça Luís de Camões, no Chiado, onde jovens portugueses costumam se reunir para tocar instrumentos musicais e bater papo. De lá, suba para o Bairro Alto, cheio de barzinhos que ficam extremamente animados aos fins de semana. As Docas de Santo Amaro, por sua vez, também têm barzinhos com uma linda vista para a paisagem lisboeta.

Barcelona

Getty Images
Imagem: Getty Images

Se você é um mochileiro viajando pela Europa e está em busca de festa, Barcelona é um destino que dificilmente irá desapontar. A capital catalã tem alguns dos hostels mais baladeiros da Europa, que promovem festas quase todos os dias e onde impera um clima de pegação. A cidade também abriga regiões boêmias que entretêm todos os outros perfis de turistas notívagos, como a histórica El Raval, com vielas que escondem pequenas casas de música ao vivo e bares tradicionalíssimos, como o Marsella, célebre por suas doses de absinto. E tampouco faltam ótimas discotecas em Barcelona. 

Ibiza

Getty Images
Imagem: Getty Images

A ilha de Ibiza talvez seja o destino turístico mais baladeiro da Europa e não poderia ficar de fora desta lista. Durante o verão europeu, trata-se de um lugar em estado de gandaia quase permanente, com festas regadas a álcool sendo realizadas em barcos no meio do mar Mediterrâneo durante o dia e, à noite, discotecas pegando fogo ao som de alguns dos mais famosos DJs do mundo. Entre elas estão a Amnesia (que costuma receber apresentações de gente como Fatboy Slim) e a Privilege (com capacidade para aproximadamente 10 mil pessoas). 

Londres

Getty Images
Imagem: Getty Images

Entre pubs e discotecas, Londres tem opções de diversão noturna para todos os gostos. Na terra da rainha Elizabeth 2ª, não faltam concorridos lugares para dançar a noite inteira, como os "nightclubs" Egg London, o Electric Brixton, o Fabric e o tradicional Ministry of Sound. Para curtir barzinhos descolados e casas de música ao vivo (não se esqueça que Londres é uma das mecas mundiais do rock) vá até a região de Camden Town e, entre os pubs, dois dos mais famosos locais são o The Marksman (eleito "Pub do Ano de 2017" pelo guia Michelin) e o Sherlock Holmes, com um ambiente que remonta à atmosfera das histórias do detetive britânico.

Budapeste

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Além de Belgrado, Budapeste é uma metrópole do Leste Europeu com muitas opções de agito noturno. A capital húngara é famosa por seus bares instalados em lugares completamente inusitados, como prédios de aspecto degradado e porões tomados por atmosfera boêmia. Dentro destes locais, turistas e nativos passam a noite tomando ótimas cervejas e palinka (um destilado feito de frutas muito popular na Hungria), muitas vezes em ambientes propícios para uma paquera. Entre as discotecas, o Corvin Club é um dos mais famosos de Budapeste.   

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem