Topo

Viagem

Gelado e lindo: Alasca é um dos destinos mais fascinante dos EUA

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

31/01/2018 04h00

O Alasca não é apenas um destino com paisagens remotas cobertas de gelo nos Estados Unidos. Há cidades interessantes, destinos de ecoturismo marcados por uma rica fauna e até a mais alta montanha da América do Norte. Veja:

Glacier Bay National Park

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

O Glacier Bay National Park é um lugar que turistas exploram a bordo de cruzeiros: a área é repleta de geleiras, montanhas nevadas e com uma água onde os viajantes têm a chance de passear de caiaque. As massas de gelo que marcam a paisagem do lugar são impressionantes e costumam gerar algumas das melhores fotografias de qualquer viagem ao Alasca. E há uma rica fauna que vive neste lugar e em seus arredores, que inclui ursos e leões-marinhos.

Katmai National Park

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

O Katmai National Park é um dos mais interessantes destinos do Alasca para aqueles que estão a fim de ver animais selvagens no meio de lindos cenários naturais. Nos passeios pelo parque, os visitantes tentam avistar ursos caçando e abocanhando salmões nos cursos de água que cortam a área. As paisagens do Katmai também são marcadas por extensas florestas e impressionantes formações montanhosas, fazendo do local um dos recantos mais belos do Alasca. 

Juneau

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Capital do Estado do Alasca, Juneau é um lugar com atrações tipicamente urbanas e, ao mesmo tempo, serve como base para passeios no meio da natureza. Lá estão, por exemplo, o Shrine of St. Therese (um lindo templo cristão feito de pedras) e o Alaska State Museum (com uma ampla exposição sobre as culturas indígenas do Alasca). A partir de Juneau, turistas também exploram a área da geleira Mendenhall (uma das mais impressionantes formações de gelo desta região dos EUA) e a montanha conhecida como Mt. Roberts. 

Denali National Park

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Está no Alasca a montanha mais alta da América do Norte: trata-se do Mount McKinley (também chamado de Denali), que tem nada menos do que 6.190 metros de altura. Ela pode ser admirado de dentro do Denali National Park, um dos destinos de ecoturismo mais belos do Alasca. Muitos turistas exploram a área a partir de longas caminhadas no meio da natureza: além do Mount McKinley, os viajantes mais sortudos conseguem ver na região animais como alces e ursos.

Ketchikan

Getty Images
Imagem: Getty Images

Ketchikan é uma das cidades mais bonitas do Alasca: marcado por lindas casinhas de madeira, o cento urbano fica localizado na Revillagigedo Island, uma ilha que abriga densas áreas florestais. Muitos turistas chegam ao local a bordo de navios de cruzeiro, que ancoram no porto de Ketchikan e permitem que os visitantes passem um bom tempo nas pitorescas ruas locais. Trata-se de um destino para provar deliciosos pratos de salmão e conhecer um pouco da cultura dos povos nativos: aqui é possível ver uma enorme variedade de totens feitos por comunidades indígenas da região. 

Anchorage

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Cidade mais populosa do Alasca, com cerca de 300 mil habitantes, Anchorage oferece bons passeios para o turista que gosta de ambientes urbanos. Os prédios da cidade ficam à sombra de uma enorme cadeia montanhosa, em um cenário propício para fotos. Em suas ruas, o visitante encontra ótimos restaurantes, boa infraestrutura hoteleira e excelentes museus, como o Anchorage Museum, com lindas obras de artistas locais. Anchorage é também considerada o melhor lugar no Alasca para curtir um barzinho à noite. Ideal para quem quiser fugir um pouco dos destinos de ecoturismo do Estado norte-americano. 

Aurora boreal

Getty Images
Imagem: Getty Images

O Alasca é um dos lugares do mundo onde é possível admirar a auroral boreal (um evento imperdível para quem gosta de espetáculos da natureza). Entre os mais populares locais para ver o fenômeno está a cidade de Fairbanks, na região central do Estado norte-americano. O inverno do Hemisfério Norte, por sua vez, é uma das épocas que oferecem as melhores chances para o viajante avistar a aurora boreal (mas é difícil prever as datas exatas em que ela irá ocorrer). É preciso contar um pouco com a sorte para admirá-la em toda a sua beleza.  

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem