Topo

Viagem

Após 2 anos fechado, Banespão reabre com exposições, skate e até hospedagem

Denise de Almeida

Do UOL

25/01/2018 04h00

Depois de dois anos de "aposentadoria", um dos ícones da cidade de São Paulo volta à ativa -- e em grande estilo. O edifício Altino Arantes, mais conhecido como Banespão, por abrigar a sede do Banco do Estado de São Paulo, será reaberto ao público com novidades que incluem de hospedagem dentro do prédio histórico a pista de skate, além de exposições de arte e a réplica de uma agência bancária de 70 anos atrás.

A reformulação do prédio incluiu também um novo batismo e o Banespão agora atende pelo nome de Farol Santander. Nesta quinta (25), dia do aniversário da cidade, o local vai receber um evento para convidados e luzes serão acessas no alto do edifício. A partir do dia 26 o público poderá acessar o ponto turístico, por valores que vão de R$ 15 a R$ 50.

Veja também

De traços inspirados no famoso arranha-céu Empire State Building, de Nova York, o edifício tem 70 anos de idade e quase 162m de altura. As novas atrações abertas ao público ocupam atualmente 11 dos seus 35 andares. No 26º andar está o mirante, um dos pontos altos da nova visita. De lá se observa uma vista incrível da capital paulista e, agora, o mirante divide espaço com uma unidade do Suplicy Cafés.

Renato Suzuki/Divulgação
Obra de Vik Muniz retrata a paisagem do Centro com sucata Imagem: Renato Suzuki/Divulgação

Um andar abaixo do mirante fica um apartamento de 335m², disponível para locação por R$ 4 mil a diária, pelo Airbnb. Ele tem pé direito de 5m de altura, cozinha equipada e, por todos os lados, uma vista de dar inveja. O lugar é capaz de abrigar 5 hóspedes para dormirem ou 50 pessoas para um evento.

Outra novidade inesperada é a pista de skate no 21º andar, idealizada pelo skatista Bob Burnquist, com um circuito street de rampas e obstáculos. O visitante pode contratar aulas de skate por ali ou alugar o uso (assim como equipamentos) por R$ 50 a hora.

Um andar é dedicado a contar a história do edifício desde os planos de sua construção, finalizada em 1947. Dois outros andares levam o visitante diretamente para os anos 40: há móveis originais da época, encomendados para o finado Banespa, e até a reprodução de como a agência bancária funcionava naquele tempo. As três áreas compõem o Espaço Memória.

Renato Suzuki/Divulgação
No Espaço Memória, uma agência bancária da década de 40 é retratada Imagem: Renato Suzuki/Divulgação

A arte é também destaque da nova cara do ponto turístico. Em um dos andares, uma exposição permanente mostra a visão panorâmica do centro de São Paulo que se tem a partir do edifício, mas a “paisagem”, construída pelo artista Vik Muniz, é feita com sucata do próprio prédio. Dois outros andares abrigarão exposições temporárias de arte imersiva.

O Farol Santander vai dedicar ainda espaço para debates de economia criativa e escritórios.

As atrações do prédio possuem áudio guias, comunicação em braile e em português e inglês. As visitas ao prédio vão acontecer de terça a domingo, entre 9h e 20h. Os ingressos podem ser comprados no site ou na bilheteria do local.

Serviço: Farol Santander - Antigo Banespão
Quando: A partir de 26 de janeiro, de 3ª a domingo, das 9h às 20h (bilheteria fecha às 19h)
Onde: Edifício Altino Arantes (R. João Brícola, 24, Centro, São Paulo-SP)
Quanto: Combo 1 (Espaço Memória + Arte Imersiva + Mirante) R$ 20. Combo 2 (Espaço Memória + Mirante) R$ 17. Combo 3 (Arte Imersiva + Mirante) R$ 17. Combo 4 (Debates de Economia Criativa + Mirante) R$ 17. Combo 5 (Mirante) R$ 15. Pista de Skate: R$ 50 por hora. Loft: R$ 4.000 por diária.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem