Topo

Viagem

Muito além de Machu Picchu: veja mais 6 destinos incríveis para ir ao Peru

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

22/12/2017 04h00

Nos últimos anos, o ceviche virou um dos principais embaixadores das qualidades do Peru dentro do Brasil. Mas o país andino tem muito mais a oferecer: em seu território vasto e variado, que abriga desde montanhas até praias banhadas pelo Pacífico, o viajante encontra um destino turístico de mão cheia. Abaixo, veja passeios incríveis para fazer por lá. 

Lima

Getty Images
Imagem: Getty Images

A capital é a principal porta de entrada para quem chega ao Peru de avião. E vale muito a pena passar pelo menos três dias nesta fascinante metrópole litorânea. Além do centro histórico lindíssimo (com monumentos como a catedral da cidade, que remonta ao século 16), a cidade oferece regiões elegantes como Miraflores (com excelentes restaurantes, bares e hotéis) e o reduto histórico do Barranco, um agradável cantinho com casarões antigos, pracinhas com tendas de artesanato e a romântica Puente de los Suspiros (amada por casais do mundo inteiro). Uma das mais agradáveis atividades para fazer na capital peruana é alugar uma bicicleta e percorrer os jardins que ficam sobre o mar que banha a cidade, que oferece mirantes perfeitos para o Pacífico. 

Veja também:

Arequipa

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

É o local de nascimento de um dos peruanos mais célebres do mundo: o escritor Mario Vargas Llosa. E, além disso, o local exibe atrativos de cair o queixo. Situado à sombra do imponente vulcão Misti (que marca o horizonte de sua paisagem), abriga um dos mais belos centros históricos do Peru, coroado por uma linda catedral de estilo de neoclássico e a Plaza Mayor, praça cercada por arcos sob os quais se escondem ótimos restaurantes de comida típica. Vale também uma visita ao Monasterio de Santa Catalina, fundado em 1579, com uma área de 20 mil m² e que lembra uma pequena vila do interior da Espanha cravada no meio da cidade: exibe pátios cercados por arcos coloridos, hortas e capelas adornadas com arte sacra.

Ilha de Taquile

Getty Images
Imagem: Getty Images

Na porção peruana do lago Titicaca está a ilha, um dos mais interessantes pedaços de terra deste corpo de água andino. Além de estar cercado por lindas paisagens, abriga uma população que é famosa por se vestir com roupas extremamente estilosas no dia a dia. Os homens nativos costumam usar camisas brancas com mangas bufantes, calça preta adornada por um cinturão de lã vermelho (sobre o qual se destacam figuras indígenas coloridas), colete preto e gorros vermelhos (tudo tecido na própria ilha). Já as mulheres envergam saias belamente coloridas. É um deleite vê-los caminhar entre as casinhas pitorescas de Taquile, em imagens que geram grandes fotografias.  

Cuzco

Getty Images
Imagem: Getty Images

Uma das principais bases para quem vai ao sítio arqueológico de Machu Picchu, é um destino fascinante por si só. Lá, turistas encontram um centro histórico grandioso, no qual existiu uma capital do império inca e onde, atualmente, há templos cristãos pra lá de imponentes. Entre elas está a catedral local, erguida sobre um templo inca, em estilo barroco. Ali também existe a linda Plaza de Armas, um cartão-postal que deve ser percorrido pelos visitantes. E, relativamente perto do centro da cidade, se localiza o impressionante sítio arqueológico de Sacsayhuamán, que exibe as ruínas de um antigo complexo incaico com muros de pedra com cerca de cinco metros de altura. De Cuzco, vale ir ao Valle Sagrado, cuja paisagem tem rios, montanhas, sítios arqueológicos e pitorescas vilas indígenas. 

Machu Picchu

Getty Images
Imagem: Getty Images

O sítio arqueológico é a grande estrela turística do Peru, e é fácil entender a razão disso: trata-se da visão perfeita de um mundo perdido, com suas ruínas enfiadas entre montanhas e vales de beleza extraordinária. Lá, mesmo dividindo o espaço com multidões de viajantes, é fácil se sentir um pouco como Indiana Jones. Acredita-se que este local, erguido por volta do século 15, era uma espécie de cidade sagrada para os incas e, hoje, exibe, em sua topografia acidentada, ângulos perfeitos para visões deslumbrantes desta região peruana. Muitos turistas chegam a Machu Picchu após caminhar por uma longa trilha desde Cuzco. Para quem não quiser andar tanto, boa parte da viagem pode ser feita de trem. 

Iquitos

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Nem todos sabem, mas o Peru também tem uma região amazônica. Nesta área de ecoturismo, um dos lugares mais visitados é a cidade de Iquitos. Cercado por selvas e rios, é um destino que só pode ser alcançado de avião ou barco, mas que oferece infraestrutura com pousadas, bares e restaurantes. Aqui, além de belos passeios fluviais no meio da natureza, os turistas têm a chance de curtir o Museo de Culturas Indígenas Amazónicas e até uma construção conhecida como Casa de Fierro, desenhada por ninguém menos do que Gustave Eiffel (sim, aquele que assina a torre mais famosa de Paris).   

Linhas de Nazca

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Além de Machu Picchu, o Peru tem outro intrigante destino que merece ser visitado: as Líneas de Nazca, no sudoeste do país e que, quando vistas do ar ou de colinas que circundam a área, apresentam desenhos fascinantes e misteriosos. Elas são gigantescos traços no solo que lembram imagens como um macaco, um pássaro e até uma aranha (são, ao todo, centenas de figuras). Sua origem é atribuída a povos indígenas da região e sua história remontaria a centenas de anos. É possível realizar passeios de avião para admirar estas obras de arte desde o alto.  

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem