Topo

Viagem

Bagagem no avião: o que você precisa saber sobre suas malas antes de viajar

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

15/12/2017 04h00

Só no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo, com 39 destinos domésticos e 48 internacionais, são despachadas mais de 110 mil bagagens ao dia. Não é à toa o tamanho da fila na hora do desembarque. Por esse mesmo motivo, há uma série de táticas --nem sempre oficiais-- para perder menos tempo na fila de esteira. Confira:

Se eu for o último passageiro a fazer check-in, minha mala sai primeiro no desembarque?

Você é o primeiro a chegar e a despachar as malas, então sua mala também será a primeira da fila. Parece fazer sentido, certo? Mas, segundo os operadores do Aeroporto de Guarulhos, é mito! A ordem do check-in ou chegada no aeroporto não tem a ver com a ordem em que a bagagem será despachada na esteira do desembarque.

Veja também

E se tiver um problema com a minha mala?

Segundo a Anac, a primeira coisa a se fazer é procurar a companhia aérea na qual você viajou. É dela a responsabilidade pelas suas malas no momento do despache ao desembarque. A mala extraviou? A indicação é procurar a empresa assim que aterrissar e você notar que ela desapareceu. A companhia aérea tem sete dias para encontrar e devolver a bagagem em voos domésticos. Em voos internacionais, o prazo é de 21 dias.

E se minhas malas sumirem na ida?

Caso você não esteja na cidade ou região onde mora e sua bagagem sumir, as empresas são obrigadas a oferecer uma indenização emergencial até que as malas sejam encontradas. Cada empresa define os valores diários, então, consulte a política mantida por elas antes de viajar. Se sua mala foi danificada ou aberta durante o transporte, a empresa deve pagar em até sete dias o dano da bagagem ou substituí-la por uma equivalente. Se ela for violada, também é preciso pagar uma indenização. Se a sua viagem deu ainda mais errado e sua mala foi furtada após ser despachada, é preciso comunicar a empresa e também fazer um boletim de ocorrência. Às vezes, a polícia federal abre as malas para checagens de segurança. Nesses casos, um aviso de que ela foi violada vem dentro da mala.

Quanto custa? Quanto posso ser cobrado?

Você pode levar até 10 kg de bagagem de mão consigo. Fica a critério da companhia aérea, entretanto, quantos volumes deste mesmo peso se é autorizado voar nas mãos. A bagagem de mão, se dentro deste peso, também pode ser despachada sem custo. Mas vale lembrar: cada empresa possui dimensões de comprimento e largura para a bagagem de mão. 

Desde maio deste ano, as empresas aéreas podem cobrar um serviço extra de despacho de bagagens maiores do que isso. Isso significa que as empresas têm liberdade para cobrar um valor que não está incluído na passagem. Há companhias que oferecem pacotes --mais caros-- em que se é possível despachar até duas malas gratuitamente. Consulte a companhia aérea antes de embarcar.

E meus instrumentos? E meu equipamento esportivo?

A Anac reconhece instrumentos musicais, equipamento esportivo e medicamentos como transporte especial. Nessa lista costuma-se ter itens como vara de pescar, tacos de golfe, mochila de alpinismo, televisores etc..

É preciso consultar cada companhia aérea antes da viagem, pois itens especiais com longo comprimento e/ou peso, como pranchas de surfe, kitesurfe e equipamento de mergulho, podem ter uma taxa adicional robusta, que pode passar de R$ 150 ou ser cobrado por quilo em voos de carga. As companhias têm o direito recusar alguns destes itens se interpretarem que os itens podem causar risco ao voo ou não se enquadrem nas regras.

A Anac recomenda que medicamentos sejam preferencialmente levados em embalagem de mão, com identificação e a prescrição médica. A regra vale para objetos considerado frágeis, já que a agência diz que as companhias podem se recusar a indenizar danos a esses itens.

Minha mala demora muito a ser despachada. Quantos quilômetros existem de esteira?

Somente no terminal 3 do aeroporto internacional de Guarulhos há 5 km de esteiras, em um sistema de controle informatizado que rastreia e localiza as malas em tempo real. Tudo isso para se evitar que as malas sejam deslizadas para esteiras diferentes e parem em outra viagem - um dos casos mais rotineiros de extravio. Não é exagero dizer que, nos bastidores do aeroporto, há verdadeiramente um ‘mundo’ de esteiras, com malas transitando de um lado a outro.

Quer que sua mala seja a primeira chegar?

Para isso, você terá que desembolsar um pouco mais na passagem. Quem voa em pacotes de primeira classe ou de executiva costuma ter, entre benefícios como check-in prioritário e assentos mais espaçosos, a mala identificada como prioritária na hora do desembarque.

Quantos funcionários trabalham para cuidar das minhas malas?

Somente no aeroporto de Guarulhos há 18 funcionários responsáveis pelo sistema de bagagens do aeroporto, como transporte até às aeronaves. A equipe ainda conta com mais 50 colaboradores de empresas terceiras, além dos funcionários das empresas áreas que trabalham no aeroporto. Em aeroportos de grande movimento, como o de Congonhas, também em São Paulo, o quadro de funcionários costuma ser semelhante.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem