Viagem

Praias, vulcões e história: América Central é cheia de lugares para visitar

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

09/11/2017 04h00

A América Central não está entre as regiões do mundo mais visitadas por brasileiros, mas deveria. Trata-se, afinal, de um território cercado por dois oceanos, forrado por lindas florestas, pontuado por vulcões e cheio de cidades e sítios arqueológicos fantásticos. Abaixo, veja sete passeios imperdíveis para fazer por lá. 

Tikal, Guatemala

José Rafael Luna Lopez/http://www.panoramio.com/photo/61966993
Imagem: José Rafael Luna Lopez/http://www.panoramio.com/photo/61966993

Assim como a América do Sul e o México, a América Central abriga sítios arqueológicos fantásticos. Um deles é Tikal, localizado na Guatemala. Trata-se um local no meio da selva cuja história remonta ao século 6 a.C. e é marcado por templos maias lindíssimos, que se destacam por suas formas piramidais e enorme tamanho: alguns deles têm mais de 40 metros de altura. Caminhar entre eles, com a densa floresta guatemalteca forrando o horizonte, é uma experiência definitivamente transcendental. O local é considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco desde 1979. 

Granada, Nicarágua

Getty Images
Imagem: Getty Images

Se você puder visitar apenas uma cidade histórica na América Central, vale a pena considerar escolher Granada, na Nicarágua. Trata-se de um centro urbano cortado por românticas ruelas de paralelepípedo e recheado de lindas e coloridas construções coloniais. Aqui, a graça é fazer longas caminhadas (ou passeios de carruagem) que passem nas margens do lago Cocibolca, na frente dos casarões antigos da Plaza de la Independencia e, logicamente, por algumas das belas igrejas da cidade, como a Iglesia de la Merced, construída no século 16. 

Islas de la Bahía, Honduras

German Reyes/EFE
Imagem: German Reyes/EFE

Quer fazer mergulho e snorkel em águas cristalinas e, depois, passar o dia sobre as areias de uma linda praia tomando sol? Na América Central, este tipo de programa pode ser realizado nas Islas de la Bahía, um arquipélago no mar do Caribe pertencente a Honduras. Aqui, não faltam corais e peixes coloridos para admirar embaixo da água e, em grande parte do arquipélago, há um atmosfera animada por jovens turistas do mundo inteiro. Roatán é a ilha mais visitada da região (e a que tem a melhor estrutura hoteleira). Para curtir um clima mais desencanado, a ilha de Útila é uma ótima opção.

Lago de Atitlán, Guatemala

Christopher William Adach/www.flickr.com/photos/adach/14497036814
Imagem: Christopher William Adach/www.flickr.com/photos/adach/14497036814

Outro destino turístico imperdível na Guatemala é o lago de Atitlán, um corpo de água cercado por montanhas verdejantes e vulcões com mais de 3 mil metros de altura. Um dos mais chamativos deles é o vulcão San Pedro, que fica ao lado da vila de San Pedro La Laguna, de onde se tem vistas belíssimas do lago. Em muitos desses vilarejos, a população indígena ainda usa suas coloridas vestimentas tradicionais, fazendo do Atitlán, além de um destino de ecoturismo, um passeio cultural enriquecedor.  

Parque Nacional Manuel Antonio, Costa Rica

Michelle Tran/creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.en
Imagem: Michelle Tran/creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.en

Cartão-postal da Costa Rica, o Parque Nacional Manuel Antonio é um dos melhores lugares para entrar em contato com a natureza na América Central. Aqui, a paisagem se divide entre praias de areia branca e ares selvagens com florestas que abrigam mais de 100 espécies de mamíferos e quase 200 espécies de pássaros. Fazem também parte da região do parque 12 ilhas de onde os turistas conseguem observar golfinhos e, às vezes, baleias. No ano de 2011, a revista norte-americana Forbes elegeu o Manuel Antonio como um dos parques nacionais mais lindos do planeta. 

Cidade do Panamá, Panamá

 Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Há voos diretos entre o Brasil e a Cidade do Panamá (e a capital panamenha será provavelmente a porta de entrada de muitos brasileiros que visitarem a América Central). Vale a pena passar alguns dias lá, absorvendo a energia de uma das cidades mais agitadas da região. Junto com imponentes arranha-céus, a cidade oferece um belo centro histórico (o chamado Casco Viejo), ótimo para longas caminhadas e para curtir bons restaurantes e barzinhos. Vale uma visita ao Teatro Nacional (palco para excelentes espetáculos artísticos) e ao Museo del Canal Interoceánio, que conta a história do Canal do Panamá. 

Hummingbird Highway, Belize

Cephas/creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.en
Imagem: Cephas/creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.en

Apesar de seu pequeno tamanho, Belize é um dos países que têm uma das maiores variedades de belezas naturais da América Central. E, para admirar estes cenários paradisíacos, nada melhor do que viajar pela estrada conhecida como Hummingbird Highway, que passa ao lado de imponentes cordilheiras e no meio de florestas. Trata-se de um via que dá acesso a áreas onde estão lindas cavernas (algumas abrigando belíssimas piscinas naturais) e templos maias escondidos, fazendo o turista se sentir um pouco Indiana Jones. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo