Viagem

Veja 7 fábricas de cerveja que você pode visitar, no Brasil ou no exterior

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

07/11/2017 04h00

Ao redor do mundo, diversas fábricas de cervejas famosas são abertas a turistas. Nesses locais, você aprende sobre o processo de produção da bebida e, logicamente, pode degustar uma gelada. Gostaria de ter uma experiência assim? Veja sete produtoras cervejeiras que recebem viajantes.

Stella Artois, numa cidade da Bélgica

Divulgação/Stella Artois
Imagem: Divulgação/Stella Artois

Cada vez mais famosa no Brasil, a cervejaria Stella Artois promove visitas turísticas em sua fábrica na cidade de Leuven (na foto), a menos de 30 minutos de Bruxelas, na Bélgica. No tour, além de conhecer a história da marca, o público pode acompanhar o processo de produção da bebida, desde a escolha de seus ingredientes até o envase. No fim do tour, os turistas participam de uma degustação "direto da fonte", em um bar instalado dentro da cervejaria. Atualmente, o passeio é realizado apenas aos sábados e domingos. Mais informações: www.breweryvisits.com/en/stella

Colorado, no interior de São Paulo

Divulgação/Colorado
Imagem: Divulgação/Colorado

A Colorado é uma cervejaria que tem se popularizado imensamente no Brasil, e sua fábrica, localizada na cidade paulista de Ribeirão Preto, está recebendo visitas turísticas. O público vê de perto o trabalho dos mestres cervejeiros e observa como são feitos os diversos (e encorpados) tipos de cerveja que a marca faz, como as marcas Indica, Cauim, Appia, Demoiselle e Vixnu. Atualmente, as visitas são realizadas apenas aos sábados e devem ser agendadas com antecedência. Mais informações, acesse: www.cervejariacolorado.com.br

Quilmes, pertinho de Buenos Aires

Divulgação/Quilmes
Imagem: Divulgação/Quilmes

A Quilmes é a marca de cerveja mais famosa da Argentina. Localizada na cidade de Quilmes, na região metropolitana de Buenos Aires, a fábrica da empresa (na foto) é aberta a visitas turísticas nas quais o público conhece o processo de produção da bebida (de acordo com a marca, feita 100% com ingredientes argentinos) e, como é de praxe, ganha uma aula sobre a história da Quilmes, que remonta ao século 19. Uma das partes mais interessantes do passeio é quando os visitantes têm a chance de harmonizar a cerveja com pratos típicos argentinos. Mais informações: https://cerveceria.quilmes.com.ar

Leffe, também na Bélgica

Divulgação/Leffe
Imagem: Divulgação/Leffe

A Leffe é uma cervejaria criada no ano de 1240 e, atualmente, recebe turistas em um antigo mosteiro da cidade de Dinant, na Bélgica, para explicar a história de suas cervejas (criadas inicialmente por clérigos de uma abadia chamada Leffe) e ensinar um pouco sobre o processo de produção da bebida. No passeio, que dura cerca de uma hora, o visitante pode experimentar todas as variedades do rótulo, passando pelas escuras, claras, encorpadas e leves e, ao final do tour, todos ganham uma taça exclusiva da Leffe. E dá para dormir por lá: atualmente, este mosteiro também abriga um hotel. Mais informações: www.leffe.com/en/maison-leffe

Heineken, na belíssima Amsterdã

Divulgação/Heineken
Imagem: Divulgação/Heineken

A marca Heineken promove um passeio em Amsterdã que está entre os atrativos turísticos mais famosos da Holanda. Trata-se do Heineken Experience, um tour interativo e autoguiado realizado na primeira fábrica da Heineken, localizada no centro da capital holandesa. Apesar de não ser mais um centro de produção de cerveja, o local abriga hoje uma exposição que conta a história e mostra como é o processo produtivo de uma das marcas cervejeiras mais queridas do mundo. Ao final do passeio, cada visitante pode tomar dois copos de Heineken. Mais informações: www.heineken.com/Heineken-Experience/

Ambev, no Rio ou em SP

Divulgação/Ambev
Imagem: Divulgação/Ambev

No Brasil, algumas cervejarias têm suas portas abertas para o público. Uma delas é a Ambev, que está recebendo visitantes na cidade de Jaguariúna, perto de Campinas, interior de São Paulo. Lá são produzidas marcas como Brahma, Bohemia e Skol. O tour, por sua vez, mostra detalhes do processo produtivo das bebidas (desde as etapas iniciais de seleção dos ingredientes até o envase do produto final) e dá uma aula sobre a história da cerveja desde a Antiguidade. Ao final da visita, os participantes podem degustar cervejas harmonizadas com petiscos de boteco. Mais informações: www.ambev.com.br/beer-lovers (a Bohemia também tem um espaço de visitas fantástico na cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro. Para saber como visitar, acesse: www.bohemia.com.br/tour). 

Guinness, na capital da Irlanda

Felipe Floresti/UOL
Imagem: Felipe Floresti/UOL

Visitar a fábrica da Guinness é um dos passeios imperdíveis para quem está na cidade de Dublin. Trata-se, afinal, da cervejaria mais famosa da Irlanda, exportando sua famosa e encorpadíssima dry stout para o mundo inteiro. O tour passa por um total de sete andares, onde exposições interativas mostram como a "black stuff" (ou "coisa negra", como muitos boêmios irlandeses gostam de chamar a Guinness) é produzida. A melhor parte do tour, porém, é o final, quando os visitantes chegam ao Gravitity Bar, que oferece uma vista panorâmica de Dublin e onde é possível degustar alguns copos da cerveja. Mais informações: www.guinness-storehouse.com

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo