Viagem

Terra do Senhor dos Anéis: veja dez dos locais mais lindos da Nova Zelândia

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

21/10/2017 04h00

A Nova Zelândia é famosa por abrigar uma variedade inacreditável de paisagens naturais. São vulcões, fiordes, praias, geleiras e muito mais. Pontos que inspiram estúdios de Hollywood: "Senhor dos Anéis" teve o país como ceário. Além disso, o território neozelandês abriga belas e divertidas cidades. Abaixo, veja dez destinos fundamentais para explorar por lá. 

Parque Nacional Tongariro

Graeme Murray/Tourism New Zealand
Imagem: Graeme Murray/Tourism New Zealand

O Parque Nacional Tongariro está na região central da ilha norte da Nova Zelândia e, no país da Oceania, é um dos destinos imperdíveis para quem ama paisagens naturais. A paisagem do local é marcada por vulcões como Tongariro e o Ngauruhoe, além de lagos cor de esmeralda e outras formações montanhosas espetaculares. E o melhor: boa parte da área pode ser explorada em longas caminhadas, onde os viajantes terão a chance de fazer algumas das melhores fotos de suas vidas. 

Wellington

Ian Trafford/Tourism New Zealand
Imagem: Ian Trafford/Tourism New Zealand

Wellington é considerada por muitos turistas como a cidade mais agradável da Nova Zelândia. Trata-se de uma metrópole cosmopolita, recheada de cafés, restaurantes estilosos e excelentes instituições culturais, como o museu Te Papa, fundamental para entender a cultura maori no país. Para tomar um cerveja e curtir a atmosfera festeira da cidade, faça um passeio pela Cuba Street, uma das vias mais boêmias de Wellington. Nesse centro urbano também é possível fazer o Weta Studio Tours, onde o público vê como foi o processo de produção de “O Senhor dos Anéis".

Vinícolas de Marlborough

Mike Heydon/Tourism New Zealand
Imagem: Mike Heydon/Tourism New Zealand

Localizada no norte da ilha sul da Nova Zelândia, a região de Marlborough abriga algumas das mais tradicionais vinícolas do país. No meio de suas lindas paisagens rurais, com colinas cobertas de videiras, turistas se deliciam com taças e mais taças de sauvignon blanc (o tipo de vinho mais produzido por aqui e exportado para diversos lugares do mundo). A cidade de Blenheim é uma base ideal para explorar a área. Entre as melhores vinícolas para visitar estão a Cloudy Bay Vineyards e a Allan Scott Wines and Estates.

Abel Tasman National Park

Gareth Eyres/Tourism New Zealand
Imagem: Gareth Eyres/Tourism New Zealand

Perto da região de Marlborough, o Abel Tasman National Park é um dos recantos naturais mais populares da Nova Zelândia. Trata-se de um parque nacional perfeito para quem gosta de ecoturismo: o lugar está recheado de florestas, trilhas no meio da mata e praias de areia branca banhadas por uma água azul-turquesa. Este paraíso aquático pode ser explorado a bordo de caiaques ou com outros tipos de embarcação, em tours ideais para serem feitos nas épocas mais cálidas do ano.

Geleiras Franz Josef e Fox

Fraser Clements/Tourism New Zealand
Imagem: Fraser Clements/Tourism New Zealand

Outras das paisagens inacreditáveis do território neozelandês são as geleiras Franz Josef e Fox, localizadas na região oeste da ilha sul do país da Oceania. Não são apenas as enormes massas de gelo que impressionam (e muito) os visitantes, mas as paisagens montanhosas inacreditáveis que as rodeiam. E o melhor: os turistas podem caminhar em cima de parte das geleiras e admirar todo o cenário do topo dessas formações naturais. 

Auckland

Julian Apse/Tourism New Zealand
Imagem: Julian Apse/Tourism New Zealand

Auckland é a principal porta de entrada da Nova Zelândia e merece que você reserve alguns dias para explorar suas paisagens. A cidade é banhada pelas águas golfo de Hauraki, através das quais os turistas fazem lindos passeios de barco (alguns rumo à ilha de Waiheke, produtora de excelentes vinhos syrah e cabernet sauvignon). A Nova Zelândia é uma das mecas mundiais dos esportes radicais e, em Auckland, os corajosos podem fazer bungy jump da ponte Auckland Bridge, a 47 metros de altura. E vale subir na torre Sky Tower, com excelentes visões panorâmicas da metrópole e seus arredores.  

Hobbiton Movie Set

Sara Orme/Tourism New Zealand
Imagem: Sara Orme/Tourism New Zealand

Situada a duas horas de carro ao sul de Auckland, a região de Waikato é marcada por pastos e colinas verdejantes, características que a fizeram ser escolhida para ser o Condado nas produções cinematográficas de "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit". No local, os fãs das franquias visitam o Hobbiton Movie Set, em um tour guiado por 44 tocas de hobbits, incluindo a casa do personagem Bilbo. Os visitantes também podem conhecer a Taverna do Dragão Verde, o moinho  e a ponte de arco duplo.

Rotorua

Fraser Clements/Tourism New Zealand
Imagem: Fraser Clements/Tourism New Zealand

Localizada em uma área de intensa atividade geotérmica, a cidade de Rotorua é um dos lugares mais interessantes da Nova Zelândia. No destino está o famoso parque Hell's Gate (ou Portal do Inferno), com a paisagem marcada por lagos fumegantes. Rotorua também é conhecida por ser um dos principais centros da cultura maori no país. No parque Te Puia (na foto), é possível conhecer de perto os hábitos dos primeiros habitantes da região em apresentações de danças de guerra, além de experimentar o “hangi”, comida típica preparada debaixo da terra. 

Queenstown

Julian Apse/Tourism New Zealand
Imagem: Julian Apse/Tourism New Zealand

A Nova Zelândia oferece lugares para praticar esportes radicais em diversas partes de seu território, mas é em Queenstown que as pessoas em busca deste tipo de aventura irão encontrar as melhores opções de diversão. Na cidade, é possível fazer bungy jump ou pular de paraquedas olhando para o lindo lago Wakatipu e para imponentes cadeias montanhosas. Na área de Queenstown há também excelentes pistas de esqui. E, à noite, a cidade, que é visitada por jovens mochileiros do mundo inteiro, é um ótimo lugar para cair na balada. 

Cape Reinga

Marcel Vincenti/UOL
Imagem: Marcel Vincenti/UOL

A Nova Zelândia é formada principalmente por dois pedaços de terra, as ilhas norte e sul. No topo da ilha norte está um dos mirantes mais lindos do país da Oceania: trata-se de Cape Reinga, formada por uma encosta verdejante que chega a ter 160 metros de altura e que oferece vista para as ondas revoltas do mar da Tasmânia. Um pitoresco farol completa a paisagem, em um lugar perfeito para sentar, tomar um vinho e curtir as imagens que só o território neozelandês consegue oferecer.   

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Viagem

Topo