Viagem

Roteiros internacionais

Pé na estrada: veja as mais lindas rotas para fazer nos países vizinhos

Pedro Szekely_Creative Commons
Salar do Uyuni, na Bolívia, não é bem uma estrada. É o maior deserto de sal no mundo Imagem: Pedro Szekely_Creative Commons

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/09/2017 04h00

Cortada pela cordilheira dos Andes, cercada por dois oceanos e recheada de natureza, a América do Sul é uma das regiões mais lindas do mundo. E, para o turista, uma das melhores maneiras de desbravar este território é através de suas estradas, que passam ao lado de paisagens incríveis, como montanhas nevadas, lagos translúcidos e praias paradisíacas.

Abaixo, conheça sete das mais bonitas viagens de carro que podem (e merecem) ser feitas nos países sul-americanos que são vizinhos do Brasil.

1 - Ruta Nacional 40, Argentina

Idobi_Creative Commons
Imagem: Idobi_Creative Commons

Com mais de 5.100 quilômetros de comprimento, a Ruta Nacional 40 é uma rodovia que corta a Argentina quase que de ponta a ponta, indo da fronteira com a Bolívia (no extremo norte do país) até a província de Santa Cruz (quase no extremo sul). Em sua extensão, a estrada passa ao lado das montanhas nevadas dos Andes, lagos paradisíacos (como o Lago Gutiérrez, na foto, visto da beira da Ruta 40) e atinge quase que 5.000 metros de altitude na área de Abra del Acay, no noroeste argentino. A estrada também corre pelas regiões de alguns principais destinos turísticos da Argentina, como a cidade de Mendoza e Bariloche. É, talvez, o melhor percurso para entrar em contato com a enorme variedade de paisagens da terra de Diego Maradona.

2- Ruta Nacional 7, Argentina

Outra rodovia fantástica que existe na Argentina é a Ruta Nacional 7, que, com seus mais de 1.200 quilômetros, liga a cidade de Buenos Aires à província de Mendoza, na fronteira com o Chile, passando, no caminho, por lugares como a província de Córdoba (onde está a bela cidade de Córdoba). A cidade, porém, tem alguns de seus trechos mais lindos na província de Mendoza, onde se encontra com paisagens montanhosas nevadas de tirar o fôlego (como pode ser visto na foto). Nesta mesma região, ela dá acesso a estradas menores que chegam a muitas das melhores vinícolas da Argentina, onde os turistas podem degustar um bom malbec e aprender um pouco sobre a produção de vinhos.

3 - Ruta 10, Uruguai

A rodovia Ruta 10, no Uruguai, é um percurso que merece ser feito por quem gosta de praia: a estrada passa ao lado ou nos arredores de algumas das mais famosas paisagens litorâneas do país sul-americano, como os balneários de Punta del Este, Piriápolis, Las Flores, Playa Verde e José Ignacio. É uma jornada que pode ser feita de carro em um ou dois dias, com o viajante cruzando o asfalto ao lado do mar e parando nas orlas que mais lhe agradem. A Playa Hermosa (vista na foto desde a Ruta 10) oferece areia fofa e é muito popular entre os turistas que percorrem a região.

4 - Carretera Austral, Chile

Rakela_Creative Commons
Imagem: Rakela_Creative Commons

A Carretera Austral, no Chile, oferece altas doses de deslumbramento e aventura para quem a percorre. Trata-se de uma estrada com cerca de 1.240 quilômetros de extensão, que atravessa áreas cercadas por florestas, lagos, rios e montanhas nevadas – e onde muitos trechos, como o visto na foto, não estão pavimentados, o que dá um senso de emoção ainda maior à jornada. Uma das visões oferecidas pela Carretera Austral é o lago General Carrera, parte da Patagônia chilena e um dos mas lindos deste território. A turística cidade de Puerto Montt também pode ser visitada a partir da rodovia.

5 - Salar do Uyuni, Bolívia

O Salar do Uyuni, na Bolívia, não é uma estrada, mas o maior deserto de sal do mundo. Sua superfície de aparência extraterrestre, no entanto, que soma mais de 10 mil km², pode ser percorrida a bordo de automóveis, constituindo uma das viagens motorizadas mais interessantes de toda a América do Sul. Os passeios são feitos geralmente com veículos 4x4 guiados por motoristas bolivianos que conhecem a região: no tour, os viajantes se deslumbram com uma ilha coberta de cactos que existe no meio do Salar e, na época das chuvas, com a água que se acumula sobre o deserto de sal e reflete com perfeição o céu e suas nuvens. É um programa imperdível no território boliviano.

6 - Avenida dos Vulcões, Equador

Andre Hubner_Creative Commons
Imagem: Andre Hubner_Creative Commons

A partir da cidade de Quito, no Equador, muitos turistas começam uma das viagens mais fotogênicas da América do Sul. Trata-se do percurso (que pode ser feito de carro) pela região conhecida como Avenida dos Vulcões – uma extensa área do território equatoriano que exibe diversos vulcões (como o imponente Chimborazo, na foto). Aqui, a graça é percorrer as estradas que chegam perto dessas enormes formações naturais, como as rotas 491 e 35. Além do Chimborazo, que pode ser visto das rodovias que o cercam, vale a pena admirar o vulcão Tungurahua, que divide a paisagem com a linda paisagem da cidade de Baños. O vulcão Sangay é outro dos cartões-postais da região.

7- Triângulo do Café, Colômbia

O café da Colômbia é um dos melhores do mundo e, no país sul-americano, grande parte de sua produção é realizada em uma região conhecida como Triângulo do Café. Trata-se de uma área ideal para ser explorada em uma viagem de carro, que colocará o turista em contato com coloridas cidades históricas (como Filandia), estradas rurais por onde ainda passam tropeiros e horizontes recheados de cafezais. Nesta parte da Colômbia também fica o famosoVale do Cocora, que tem colinas cobertas por “palmas de cera” (a palmeira que é um dos símbolos da Colômbia) com mais de 70 metros de altura. Na fazenda conhecida como Recuca, o turista pode aprender sobre o processo de produção do café e, entre uma atração e outra, é possível dormir em belos hotéis-fazenda que existem na região. Um ponto de partida ideal para uma jornada pela área é a cidade de Armênia.

Leia antes de partir para essas viagens
É recomendável que o brasileiro faça os tours pelo Salar do Uyuni, Triângulo do Café, a Carretera Austral e Avenida dos Vulcões com guias (em pacotes que também disponibilizem o veículo e o motorista), pois todos eles apresentam terrenos de difícil percurso para o estrangeiro. Os serviços guiados para estes quatro destinos podem ser contratados, respectivamente, nas cidades de Uyuni (Bolívia), Armênia (Colômbia), Puert Montt (Chile) e Quito (Equador).

Se você quiser dirigir um carro alugado nos outros destinos indicados nesta matéria, é preciso conhecer as regras de cada país: na Argentina e Uruguai, o brasileiro pode guiar usando a sua Carteira Nacional de Habilitação. Mas se você estiver com carro proveniente do Brasil, a maioria dos países sul-americanos irá pedir um seguro chamado Carta Verde, que cobrirá eventuais danos causados a terceiros durante a condução do veículo (tal documento pode ser adquirido com seguradoras brasileiras).

Toda esta burocracia pode mudar de uma hora para outra: antes de planejar uma viagem de carro pela América do Sul, consulte o serviço consular dos países que você irá visitar para saber sobre a lista completa e atual de exigências impostas a motoristas (e a seus veículos).
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Roteiros internacionais

Topo